Gazeta Esportiva

Com gol nos acréscimos, Brasil perde para Camarões e enfrentará Coreia nas oitavas

São Paulo, SP

02/12/22 | 18:00 - 02/12/22 | 19:05

O Brasil foi derrotado por Camarões por 1 a 0 nesta sexta-feira, no Estádio Lusail, em Doha, no Catar, pela última rodada do Grupo G da Copa do Mundo, graças ao gol de Aboubakar aos 46 minutos do segundo tempo. O técnico Tite decidiu poupar todos os seus titulares neste jogo, dando oportunidades aos reservas, mas a Seleção Brasileira não conseguiu superar o forte sistema defensivo rival e acabou castigada na reta final da partida.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Apesar da derrota, a primeira desde 1998, quando perdeu para Noruega, o Brasil se classificou para as oitavas de final da Copa do Mundo como líder do Grupo G, com seis pontos, e enfrentará na próxima segunda-feira a Coreia do Sul, às 16h (de Brasília), no Estádio 974.

Camarões, por sua vez, está eliminado da Copa do Mundo. O time africano, no entanto, ao menos se despediu do Mundial com uma valiosa vitória sobre o Brasil, A Suíça, que venceu a Sérvia no outro jogo do Grupo G, se classificou para as oitavas de final como segunda colocada e terá pela frente Portugal.


O jogo

A Seleção Brasileira dominou o primeiro tempo, mas teve de lidar com o estilo de jogo bastante combativo de Camarões. Não à toa, a seleção africana recebeu três cartões amarelos na etapa inicial para parar o ataque canarinho. A primeira boa chance dos comandados de Tite aconteceu aos 13 minutos, quando Fred cruzou na medida para Martinelli, livre, cabecear, exigindo grande defesa do goleiro rival.

O Brasil voltou a assustar aos 21 minutos, quando Alex Telles levantou a bola na área, Gabriel Jesus ajeitou e Fred completou de primeira, mandando por cima do travessão em chute que desviou na defesa camaronesa. Mais tarde, Daniel Alves teve uma ótima chance de abrir o placar em cobrança de falta da entrada da área, mas chutou sobre o travessão.

Martinelli, um dos melhores do primeiro tempo, voltou a levar perigo ao puxar contra-ataque, perder a chuteira no meio do caminho por causa de uma entrada do marcador, mas a bola sobrou para Fred, que abriu para Antony bater da entrada da área, mas o goleiro defendeu. Já nos acréscimos, Martinelli voltou a incomodar costurando a marcação e batendo firme para nova intervenção de Epassy.

Os minutos finais do primeiro tempo foram, de fato, emocionantes. Aos 47, Antony cobrou escanteio rasteiro para Rodrygo chegar batendo de primeira, surpreendendo a defesa de Camarões, mas a bola bateu na rede pelo lado de fora. Os africanos só foram responder aos 48, quando Mbeumo recebeu cruzamento da esquerda e cabeceou no contrapé de Ederson, que, ainda assim, fez excelente defesa para manter o 0 a 0.

Segundo tempo

Logo no início do segundo tempo o Brasil sofreu um duro golpe. Alex Telles acabou sentindo o joelho direito após disputa de bola pelo alto e teve de ser substituído. Sem laterais-esquerdos à disposição, Tite foi obrigado a improvisar o zagueiro Marquinhos no setor.

Além de Alex Telles, Fred e Rodrygo também foram substituídos por Bruno Guimarães e Everton Ribeiro, respectivamente.

Aos dez minutos, Martinelli quase abriu o placar. O atacante recebeu livre pela esquerda, invadiu a área, levou para o meio e bateu forte, exigindo grande defesa de Epassy. Pouco depois, Everton Ribeiro recebeu na linha de fundo e cruzou para Militão, que dominou livre dentro da área e bateu no meio do gol. O goleiro camaronês ainda se complicou ao tentar fazer a defesa, cedendo escanteio ao Brasil.

Nos minutos finais da partida o Brasil foi com tudo para cima de Camarões e mais uma vez esteve próximo de soltar o grito de gol aos 40 minutos, quando Raphinha pedalou, passou pela marcação e cruzou rasteiro para Bruno Guimarães completar, mas o chute desviou na defesa e saiu pela linha de fundo.

Mas, sem conseguir balançar as redes, o Brasil acabou castigado nos acréscimos. Aboubakar recebeu cruzamento na medida e cabeceou no contrapé de Ederson, que nada pôde fazer para evitar o gol camaronês. Na comemoração, o camisa 10 de Camarões tirou a camisa e, como já havia recebido cartão amarelo, acabou sendo expulso pela arbitragem.

FICHA TÉCNICA
CAMARÕES 0 X 0 BRASIL

Local: Estádio Lusail, em Doha (Catar)
Data: 2 de dezembro de 2022, sexta-feira
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Ismail Elfath (EUA)
Assistentes: Kyle Atkins (EUA) e Corey Parker (EUA)
VAR: Alejandro Hernández (ESP)

Gol: Aboubakar, aos 46 do 2ºT (Camarões)
Cartões amarelos:
Tolo, Kunde, Fai, Aboubakar (Camarões); Militão, Bruno Guimarães (Brasil)
Cartão vermelho: Aboubakar (Camarões)

CAMARÕES: Epassy; Fai, Wooh, Ebosse e Tolo; Anguissa e Kunde (Ntcham); Mbeumo (Ekambi), Choupo-Moting e Ngamaleu; Aboubakar.
Técnico: Rigobert Song.

BRASIL: Ederson; Daniel Alves, Militão, Bremer e Alex Telles (Marquinhos); Fabinho, Fred (Bruno Guimarães) e Rodrygo (Everton Ribeiro); Martinelli, Antony (Raphinha) e Gabriel Jesus (Pedro).
Técnico: Tite.

Deixe seu comentário