Brasil

Tite contém reclamação contra arbitragem e vê Courtois “iluminado”

São Paulo, SP

06-07-2018 19:53:18

Tite tentou evitar buscar justificativas para a eliminação da Seleção Brasileira na Copa do Mundo da Rússia. O técnico chegou a usar a palavra “aleatório” para não falar em “sorte” da Bélgica, que derrotou a sua equipe por 2 a 1 nesta sexta-feira, em Kazan. E conteve as suas reclamações contra o árbitro sérvio Milorad Mazic.

“Não quero colocar isso. Soa como choro. A única situação que eu gostaria de ter visto era o VAR no lance do Gabriel. O resto é do jogo”, comentou Tite, referindo-se à jogada em que o centroavante Gabriel Jesus foi atingido pelo belga Kompany dentro da área. Mazic mandou o jogo seguir, embora o técnico brasileiro tenha cobrado a participação do árbitro de vídeo em outros lances no decorrer da partida.

Para Tite, houve um problema maior do que Mazic para o Brasil. E ele media exatamente 1,99m. Com uma atuação segura, o goleiro Courtois fez defesas importantes para a Bélgica – a última delas, em um chute colocado do atacante Neymar, buscando o ângulo – e foi muito elogiado pelo treinador gaúcho.


“O Courtois estava iluminado. Na última bola, ele tirou de mão trocada”, recordou Tite, abordando a sorte em seguida. “Não acredito nisso. O Courtois teve sorte? Não, ele teve uma grande atuação. Sorte é uma maneira de desprezar a competência”, declarou.

Houve outros jogadores belgas competentes nesta sexta-feira. Como o meia De Bruyne, autor do segundo gol anotado pela seleção semifinalista na partida. “Não sei quem foi eleito o melhor em campo. O De Bruyne? Poderia ter sido o Courtois, que fez a diferença”, insistiu Tite.

O discurso do técnico serve também para valorizar a sua equipe, que sofreu dois gols no primeiro tempo e pressionou bastante a Bélgica no segundo. Não foi além, contudo, de uma cabeçada certeira do meia Renato Augusto, para a rede.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

“O futebol tem a efetividade como uma marca. Não é só desempenho, fazer pontos e vencer, como acontece no voleibol. Efetividade é traduzir em gols as oportunidades criadas”, lamentou Tite, abalado pelo jogo efetivo dos belgas. “Com toda a dor que estou sentindo, é muito duro falar agora. Foi um p... jogo, com uma qualidade técnica impressionante dos dois lados. Quem gosta de futebol bem jogado, estando à margem da emoção, assistiu a essa partida e sentiu prazer. Foi um jogaço, e me dói falar isso”, concluiu.

Deixe seu comentário