Foto de Neymar caído é usada por instituto em campanha contra trotes

São Paulo, SP

07-07-2018 16:01:01

Além de memes, as imagens de Neymar caído em campo durante a Copa do Mundo da Rússia têm sido usadas para ilustrar campanhas nas redes sociais. Neste sábado, por exemplo, o Instituto Nacional de Emergência Médica (Inem) de Lisboa, em Portugal, publicou uma montagem com uma foto do camisa 10 acompanhada de dados para alertar contra falsas chamadas de emergência recebidas pela entidade.

“75,8% das chamadas para o 112 (número de telefone do Inem) também não são emergências”, escreveu o instituto, em sua conta no Facebook.

A Cruz Vermelha de Jalisco, no México, também utilizou Neymar para promover uma campanha que visa conscientizar as pessoas sobre a importância de não fazer "trotes". De acordo com a entidade, sete em cada oito ligações feitas para o número deles são em tom de deboche.

No decorrer do Mundial da Rússia, Neymar foi alvo de críticas de adversários e torcedores por supostamente simular faltas durante os jogos. Após o duelo com o México, sem citar diretamente o jogador, o técnico Juan Carlos Osorio criticou o número excessivo de infrações assinaladas pelo árbitro na derrota de sua seleção para o Brasil nas oitavas de final e falou que aquela partida "não é um bom exemplo para as crianças que veem o futebol".

Já o coordenador de seleções da CBF, Edu Gaspar, saiu em defesa do atacante do Paris Saint-Germain. Em entrevista coletiva concedida neste sábado, em Kazan, o dirigente afirmou que “é difícil ser Neymar” e que tinha “pena” do jogador.

Na última sexta-feira, com Neymar anulado pela defesa belga, a Seleção Brasileira perdeu por 2 a 1 e se despediu da Copa do Mundo nas sua fase de quartas de final. Por meio de sua conta no Instagram, o camisa 10 se pronunciou pela primeira vez após a eliminação e falou em "momento mais triste da carreira".

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Deixe seu comentário