COPA DO MUNDO 2018 RÚSSIA

Na noite deste domingo, a Seleção Brasileira desembarcou em Sochi, na Rússia para a disputa da Copa do Mundo. A cidade servirá de base para os jogadores e comissão técnica durante todo o Mundial.

A equipe comandada por Tite estava em Teresópolis, Liverpool na Inglaterra, onde realizou o amistoso contra a Croácia. Depois, para Viena, onde bateu a Áustria por 3 a 0, e finalmente chegou na terra do MundialO meio-campista Fred, em recuperação de uma pancada no tornozelo direito deve estar à disposição para a estreia no Mundial.

Neymar, o maior destaque do time, e uma das esperanças para o Brasil levar o hexacampeonato vai disputar sua segunda Copa do Mundo. O jogador atuou em 2014, marcando quatro gols em cinco partidas. Lembrando que o atacante se machucou nas quartas de final contra a Colômbia, e perdeu a semifinal e o jogo que valia o terceiro lugar da competição.

Nesta segunda-feira, Tite iria comandar o primeiro trabalho em Sochi, no entanto, preferiu dar folga ao elenco, que volta aos trabalhos na terça. A estreia do Brasil na Copa do Mundo está marcada para o próximo domingo, contra a Suíça, em Rostov. A Seleção Brasileira tem como rivais na chave além dos suíços, a Costa Rica e a Sérvia.



Algoz da Áustria no último amistoso preparatório, a Seleção Brasileira já está a caminho da Rússia para disputar a Copa do Mundo. Por meio de seu perfil no Twitter, o centroavante Gabriel Jesus, autor de um gol em Viena, publicou uma foto do grupo de jogadores no avião.

“Partiu, Rússia!”, escreveu o ex-jogador do Palmeiras neste domingo. O meio-campista Fred, em recuperação de uma pancada no tornozelo direito, aparece sorridente na imagem dentro do avião. O reforço do Manchester United deve voltar a treinar com o resto do grupo durante a semana.

Nesta segunda-feira, o técnico Tite e seus comandados desfrutarão de um dia de folga antes de iniciarem a preparação em solo russo para a estreia na Copa do Mundo. O elenco volta a trabalhar, agora em Sochi, base da Seleção durante o Mundial, na terça. Às 15 horas (de Brasília) de domingo, pela primeira rodada do Grupo E, o Brasil entra em campo para enfrentar a Suíça, em Rostov.



Depois de desembarcar em Moscou no último sábado, a seleção argentina realizou o primeiro treino em solo russo neste domingo na cidade de Bronnitsy, que abrigará a equipe durante a Copa do Mundo. Os atletas fizeram trabalhos físicos de baixa intensidade durante a primeira hora e depois foram divididos em grupos de três para jogar “futebol-tênis”, em que há um rede baixa separando os pequenos times.

Durante as atividades, Enzo Peréz chegou à cidade e foi recepcionado pelo restante do grupo. O volante foi convocado para defender a albiceleste depois que o meia Manuel Lanzini sofreu uma a ruptura no ligamento cruzado anterior de seu joelho direito, necessitando passar por um procedimento cirúrgico.

Nesta segunda-feira, a delegação volta a realizar um treinamento, aberto para a imprensa, e com a presença de torcedores, em ação exigida pela Fifa, em que as seleções são obrigadas a promover treinos abertos para o público nas suas respectivas cidades sedes.

A Argentina está no Grupo D da Copa do Mundo e estreia no próximo sábado, dia 16, às 10h (de Brasília), contra a Islândia. Na sequência, os sul-americanos terão pela frente a Croácia, no dia 21, às 15h (de Brasília), e a Nigéria no dia 26, também às 15h (de Brasília).




Com quase 31 anos de idade, o argentino Lionel Messi pode ter a última oportunidade na carreira de conquistar uma Copa do Mundo. No Mundial da Rússia, o jogador irá disputar pela quarta vez a competição, e apesar de ter alcançado a decisão contra a Alemanha, no Brasil, este é o título que ainda falta a extensa galeria de taças do atleta.

Em entrevista ao diário Sport, o atleta reforçou a possibilidade de se aposentar da albiceleste, dependendo de como a Argentina irá na Copa: “Vai depender de como iremos na Copa, como vamos terminar. O fato de perdermos três finais, nos fez passar por momentos delicados com a imprensa argentina por ela não entender a diferença do que significa chegar a uma final. Não é fácil e é preciso ser valorizado. Claro que é importante conquistar, mas chegar à decisão não é simples”, afirmou Messi.

Messi pode se aposentar da Argentina (Foto: Vasily Maximov/AFP)

Mesmo com a conquista do Mundial, o atacante garantiu que seguirá buscando outros títulos: “Por mais que ganhe a Copa, ganhei muitos títulos em clubes e no ano seguinte a motivação era igual, com a ideia de ganhar novamente. Com a Copa do Mundo seria o mesmo”, disse o jogador.

Por fim, o craque argentino foi questionado sobre um futuro como treinador. Messi garantiu que, no momento esta não é sua prioridade: “Hoje não me vejo sendo treinador. Mas nunca se sabe o que vai passar no futuro. Já escutei o Zidane dizendo também que nunca seria treinador e depois acabou mudando de ideia e estava lá. Não me vejo treinando, mas nunca se sabe”, finalizou.

A Argentina de Jorge Sampaoli, chegou na noite do último sábado à Rússia. A equipe está no Grupo D, com Islândia, Croácia e Nigéria. A estreia está marcada para o dia 16 contra os islandeses ás 10h00 (horário de Brasília), em Spartak.



Gianni Infantino é presidente da Fifa desde fevereiro de 2016 (Foto: Mladen Antonov/AFP)

A Fifa adiou a discussão sobre a possibilidade de ampliar o número de participantes da Copa do Mundo de 2022. A ideia é que o Mundial do Catar passe de 32 seleções para 48. o que já irá acontecer a partir de edição de 2026. Apesar do assunto não ser debatido no próximo congresso da entidade, a mudança deve ser analisada antes do início da classificação para a próxima Copa do Mundo.

“(A mudança) deve ser decicida antes do início das Eliminatórias. Ainda é prematuro discutir detalhes sem que a Fifa fale sobre o assunto com o país organizador”, declarou o presidente Gianni Infantino.

O comandante da Fifa lembrou que a proposta não partiu da entidade responsável pelo futebol mundial e sim de um conjunto de dez associações e membros da Conmebol. A discussão foi adiada porque foi considerado injusto falar sobre a Copa do Mundo de 2022 justamente momentos antes do Mundial da Rússia começar.

“O que temos, por hora, é um Mundial com 32 equipes, que será disputado na Catar entre 20 de novembro e 18 de dezembro”, afirmou Infantino. No congresso da quarta-feira, será escolhida a sede da Copa do Mundo de 2026. Os concorrentes são Marrocos e a candidatura conjunta entre Estados Unidos, México e Canadá.



A seleção do Egito treinou pela primeira vez em território russo neste domingo. A atividade aconteceu no Estádio do Akhmat, na região da Chechênia, e não contou com a presença do principal nome da equipe, Mohamed Salah. O atacante do Liverpool apareceu apenas nos minutos finais do treinamento para saudar os fãs e falar com a imprensa.

Salah sofreu uma lesão no ombro na final da Liga dos Campeões contra o Real Madrid, em lance envolvendo o zagueiro espanhol Sérgio Ramos. Após sair de campo chorando, havia dúvidas se o atacante estaria apto para jogar a Copa do Mundo. Porém, seu nome apareceu na lista de convocados do Egito, para alívio dos fãs, apesar de ainda não se saber se ele estará disponível para atuar na estreia.

Os egípcios voltam a disputar um Mundial depois de 28 anos e estão no Grupo A, ao lado da anfitriã Rússia, da Arábia Saudita do Uruguai. A estreia da seleção do Egito acontece nesta sexta-feira, dia 15, às 9h (de Brasília), contra os uruguaios, em Ecaterimburgo, e a decisão sobre Salah deve ser divulgada nos próximos dias.

O segundo jogo da equipe acontece no dia 19, em São Petersburgo, às 15h (de Brasília) contra os donos da casa. O último compromisso da fase de grupos está marcados para o dia 25, às 11h (de Brasília), contra a Arábia Saudita, em Volgogrado.




O domingo segue de movimentação intensa nos aeroportos da Rússia com a chegada das seleções para a disputa da Copa do Mundo. Depois de 15 horas de viagem, a delegação do Uruguai desembarcou no Aeroporto Internacional de Nijni Novgorod às 18h no horário local (12h no horário de Brasília) e atenderam as dezenas de fãs que marcaram presença para tirar fotos. Os mais tietados foram Edinson Cavani e Luis Suárez.

Assim que deixaram o aeroporto, os comandados de Óscar Tabárez partiram para sua “casa” em solo russo, o Centro de Treinamento de Borsky, em um deslocamento que durou cerca de 20 minutos. Para entrar no clima da Copa, a delegação ainda foi recebida por um grupo local vestido com trajes típicos e presentada com o tradicional pão Karavaí. De acordo com a Federação Uruguaia de Futebol, a viagem ocorreu sem contratempos e como planejada.

Uruguai desembarcou em solo russo neste domingo (Foto: MARTIN BERNETTI/AFP)

Depois de uma campanha, de certa forma, surpreendente na África do Sul, em 2010, com o quarto lugar, o Uruguai não conseguiu repetir o nível de desempenho quatro anos depois, no Brasil. Apesar de ter eliminado a Itália na fase de grupos, a seleção celeste acabou derrotada pela Colômbia nas oitavas de final. Na Rússia, as esperanças dos sul-americanos passam pelo seu ataque, que se mostrou ciente da responsabilidade.

“Chegou o dia de viajar à Rússia. Levamos conosco mais de 3 milhões de sonhos que junto aos nossos darão força a esta equipe para cada jogo. Orgulhosos de sermos uruguaios”, escreveu Cavani em sua conta oficial no twitter, antes ainda do embarque.

No Grupo A da Copa do Mundo, o Uruguai estreia dia 15 de junho, próxima sexta-feira, contra a seleção do Egito, em Ecaterimburgo. Cinco dias depois, o adversário da vez é a Arábia Saudita, em Rostov. A última partida da equipe celeste pela primeira fase está marcada para para o dia 25, contra os anfitriões russos, em Samara.



A seleção peruana desembarcou neste domingo na Rússia para disputar sua primeira Copa do Mundo depois de 36 anos de jejum. O Peru está invicto há 15 jogos, considerando amistosos e a Eliminatória Sul-Americana e quer manter a boa sequência para concretizar o sonho de passar da primeira fase.

blanquirroja estava na em Gotemburgo, na Suécia, onde empatou sem gols um amistoso com a equipe da casa neste sábado. Antes de embarcar rumo à sede do Mundial, a seleção ainda realizou uma sessão de treinamentos na cidade sueca.

O principal reforço dos sul-americanos foi a liberação do capitão Paolo Guerrero após acusação de doping. O camisa 9 foi flagrado no exame anti-doping no ano passado por ter ingerido um metabólito da cocaína. Inicialmente, o atacante havia sido punido com seis meses de suspensão pela Fifa, mas a punição foi aumentada para 14 meses pelo Tribunal Arbitral do Esporte. No entanto, a justiça suíça concedeu um efeito suspensivo, liberando o El Depredador para participar de seu primeiro Mundial.

“Nosso objetivo está muito claro. Temos uma grande equipe. Nos restam esses dias para nos prepararmos para a estreia diante da Dinamarca e esperamos nos recuperar bem da partida de ontem (contra a Suécia). A equipe tem que jogar seu futebol e se divertir em campo. Temos que ganhar no sábado (na estreia)”, destacou Guerrero, que ainda garantiu estar 100% bem fisicamente.

A seleção está no Grupo C da Copa, juntamente com França, Dinamarca e Austrália. A equipe de Ricardo Gareca terá um jogo decisivo logo na estreia, que acontece no próximo sábado, dia 16, às 13h (de Brasília) contra os dinamarqueses.