São Silvestre teve domínio de quenianos e etíopes na década

São Paulo, SP

31-12-2020 12:33:28


A década que se encerra nesta quinta-feira marcou um amplo domínio de quenianos e etíopes na Corrida Internacional da São Silvestre. Tanto no masculino quanto no feminino, apenas os dois países tiveram vencedores nos últimos anos.

Na última edição, disputada em 2019, os vencedores foram Kibiwott Kandie e Brigid Kosgei, ambos de Quênia. Os atletas seguirão como atuais campeões por mais alguns meses. Afinal, a 96ª Corrida Internacional da São Silvestre não vai ocorrer na data habitual de 31 de dezembro por conta da pandemia do novo coronavírus. O evento está marcado para 11 de julho de 2021.

As inscrições para a próxima edição da São Silvestre foram abertas nesta quinta-feira e podem ser feitas por meio do site https://www.gazetaesportiva.com/sao-silvestre/.

Confira todos os campeões da Corrida Internacional da São Silvestre na década:


Feminino:

2011: Priscah Jeptoo - Quênia
2012: Maurine Kipchumba - Quênia
2013: Nancy Kipron - Quênia
2014: Ymer Wude Ayalew - Etiópia
2015: Ymer Wude Ayalew - Etiópia
2016: Jemima Sumgong - Quênia
2017: Flomena Cheyech - Quênia
2018: Sandrafelis Tuei - Quênia
2019: Brigid Kosgei - Quênia


Masculino:

2011: Tariku Bekele - Etiópia
2012: Edwin Kipsang - Quênia
2013: Edwin Kipsang - Quênia
2014: Dawit Admasu - Etiópia
2015: Stanley Biwott - Quênia
2016: Leul Aleme - Etiópia
2017: Dawit Adamasu - Etiópia
2018: Belay Tilahun Bezabh - Etiópia
2019: Kibiwott Kandie - Quênia

Deixe seu comentário