Gazeta Esportiva |

Velocista jamaicano contrai vírus da zika antes de seletiva ao Rio 2016

Em Atletismo, Mais Esportes, Olimpíadas 2016, Olimpíadas Destaque
Atualizado em 26/06/2016 - 10:48:52 Compartilhe
São Paulo , SP
O jamaicano Kemar Bailey-Cole contraiu o vírus da zika às vésperas de seletiva (Foto: Iaaf/Divulgação)
O jamaicano Kemar Bailey-Cole contraiu o vírus da zika às vésperas de seletiva (Foto: Iaaf/Divulgação)

Campeão olímpico no revezamento 4x100m em Londres 2012 ao lado de Usain Bolt, o velocista jamaicano Kemar Bailey-Cole disse ter contraído o vírus da zika em seu país. Com 24 anos, o atleta se prepara para disputar a seletiva do atletismo na Jamaica. Ele revelou que só descobriu estar com a doença após sua namorada ter percebido um inchaço no pescoço.

“Eu não tinha ideia que eu tinha o vírus e estava treinando normalmente com ele. Sentia dores nas costas e dores musculares, mas eu pensava que eram apenas as dores por causa dos exercícios que estava fazendo. A recuperação não é fácil”, contou o atleta.

“As erupções ainda estão no meu corpo, meus olhos doem, mas a melhor coisa é que eu não estou sentindo qualquer dor muscular no momento. Eu vou disputar a seletiva com a mentalidade de que estou saudável e pronto”, garantiu o corredor.

Bailey-Cole disputará a seletiva jamaicana na prova dos 100m rasos ao lado de grandes nomes, como o próprio Usain Bolt, além de Asafa Powell e Yohan Blake. Todos brigarão por vagas nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em agosto.

Esta não foi a primeira vez que o vírus da zika atingiu um atleta olímpico. Na última semana, o jogador de golfe, Rory Mcllroy, ex-número 1 do ranking mundial, desistiu de ir à capital fluminense por medo da doença, conforme declarou em suas redes sociais.

Comente