Gazeta Esportiva |

OMS não vê necessidade em testes para vírus na Baía de Guanabara

Em Bastidores, Mais Esportes, Olimpíadas 2016
Publicado em 16/10/2015 19:18:37 Compartilhe
São Paulo , SP
(Foto: Yasuyoshi Chiba/AFP)
Poluição das águas da Baía vem sendo um dos grandes motivos de preocupação para os Jogos Olímpicos (Foto: Yasuyoshi Chiba/AFP)

A Organização Mundial de Saúde (OMS) divulgou, nesta sexta-feira, um documento com recomendações ao Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos Rio 2016. No texto, a entidade afirma que testes para a presença de vírus na Baía de Guanabara, onde serão disputadas as competições de vela. O objetivo é intensificar os testes para bactérias.

“A OMS não recomenda testes de monitoramento de vírus por conta de uma falta de métodos padronizados e dificuldade em interpretar os resultados”, diz o documento, que prevê a realização de testes virais apenas como parte de investigação de uma epidemia ou como protocolo de pesquisa.

A organização orientou ainda que os testes para bactérias devem ser focados nas espécies enterococcus e E. Coli, que podem causar problemas nos aparelhos digestivo e urinário. Além disso, pediu às autoridades que realizem inspeções sanitárias para identificar fontes de riscos à saúde de banhistas.

 

Comente