Gazeta Esportiva |

Comitê Rio 2016 atende pedido dos atletas e adia BMX para domingo

Em Ciclismo, Mais Esportes, Olimpíadas 2016
Atualizado em 02/10/2015 - 19:13:16 Compartilhe
São Paulo , SP
(Foto: Divulgação/
Atletas viam pista como perigosa e pediram cancelamento (Foto: Divulgação/Portal Rio 2016)

O Desafio Internacional de BMX, evento-teste para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro que estava previsto para este sábado, foi transferido para domingo a fim de atender um pedido dos próprios atletas. Na manhã desta sexta, os competidores se recusaram a entrar no circuito em Deodoro, inaugurado em agosto, por avaliarem que a pista era perigosa demais.

Representantes do Comitê Rio 2016 e da Federação Internacional de Ciclismo se reuniram durante a tarde, e após os atletas aceitarem dar algumas voltas no traçado e sugeriram mudanças, a entidade brasileira optou por acatar ao pedido.

Alguns ajustes e manutenções serão feitos até o horário da largada – a ser confirmada no sábado – com intuito de tornar a pista “mais interessante e, eventualmente, mais segura”. A principal reclamação dos ciclistas foram irregularidades nas elevações das retas, que aumentariam o risco de queda.

Confira o comunicado oficial do Comitê Rio 2016 na íntegra: 

Depois de treinarem na pista do Complexo Esportivo de Deodoro, os atletas de BMX sugeriram à Federação Internacional de Ciclismo modificações que tornarão a pista mais interessante e, eventualmente, mais segura. O Comitê Rio 2016 vai providenciar as pequenas mudanças e o evento-teste está transferido para o domingo (04). A programação da prova no domingo será confirmada neste sábado, dia 03.

A pista de BMX dos Jogos Olímpicos Rio 2016 foi aprovada pela Federação Internacional de Ciclismo (UCI). O desenho da pista leva a assinatura de Tom Ritzenthaler, um dos mais experientes especialistas do mundo em pistas de BMX e autor dos traçados dos Jogos de Pequim/2008 e de Londres/2012. Tem sido comum, durante a realização dos eventos-teste, ajustes no traçado.

Comente