Gazeta Esportiva |

Com prata de Felipe Wu, do tiro esportivo, Brasil leva 1ª medalha no Rio

Em Mais Esportes, Olimpíadas 2016
Atualizado em 07/08/2016 - 00:41:30 Compartilhe
São Paulo , SP
Com a prata, o paulista Felipe Wu conquistou a primeira medalha para o Brasil no Rio 2016 (Foto: Pascal Guyot/AFP)
Com a prata, o paulista Felipe Wu conquistou a primeira medalha para o Brasil no Rio 2016 (Foto: Pascal Guyot/AFP)

Saiu a primeira medalha do Brasil nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Felipe Almeida Wu, do tiro esportivo, conquistou a prata na disputa da pistola de ar 10 m, na tarde deste sábado, no Centro Olímpico de Tiro. Com 202.1 pontos, o paulista de 24 anos só ficou atrás do vietnamita Vinh Xuan Hoang, que somou 202.5, enquanto o chinês Wei Pang ficou com o bronze ao acumular 180.4 pontos.

Além de entrar para história do Time Brasil como primeiro atleta a conquistar uma medalha olímpica em solo sul-americano, Felipe Wu voltou a colocar o tiro esportivo nacional no pódio dos Jogos após 96 anos. Em 1920, o tenente Guilherme Paraense conquistou o ouro nas Olimpíadas da Antuérpia. Curiosamente, aquela foi a primeira medalha do País na história dos Jogos modernos.

Hoang também entrou para a história do maior evento esportivo do mundo, já que este é um ouro inédito para o Vietnã. Também é a segunda láurea dourada do Rio 2016, sucedendo o título da norte-americana Virginia Thrasher, de apenas 19 anos, que, horas antes, vencera na carabina de 10m do tiro esportivo.

Descendente de chineses, Felipe Almeida Wu não conseguiu se classificar para Londres 2012. Portanto, essa é a primeira vez que o brasileiro disputa os Jogos Olímpicos. Antes da prata alcançada na capital fluminense, o atirador tinha como melhor resultado o ouro nos Jogos Pan-Americanos de 2015, em Toronto, no Canadá.

Felipe Wu parabeniza o vietnamita Vinh Xuan Hoang pelo ouro conquistado (Foto: Pascal Guyot/AFP)
Felipe Wu parabeniza o vietnamita Vinh Xuan Hoang pelo ouro conquistado (Foto: Pascal Guyot/AFP)

Na disputa decisiva contra Hoang, Wu, que ficou em sétimo na etapa classificatória, liderava a última parcial e estava muito próximo de levar o ouro. No entanto, na derradeira tentativa, o vietnamita, quarto na fase anterior, acertou um bom tiro e somou mais 10.7 pontos, garantindo o inédito título para seu país.

Traçado pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), o objetivo do país-sede dos Jogos de 2016 é terminar a competição entre as dez nações com mais medalhas. Momentaneamente, o Brasil ocupa o quarto lugar do ranking, com a prata de Felipe Wu, atrás de Estados Unidos, Vietnã e China.

Comente