Gazeta Esportiva |

Brasileira Lin Gui é campeã do evento-teste de tênis de mesa no Rio

Em Mais Esportes, Olimpíadas 2016
Atualizado em 20/11/2015 - 11:54:11 Compartilhe
São Paulo , SP
A brasileira Lin Gui levou o ouro ao vencer a decisão por 4 sets a 0 (Foto: Divulgação)
A brasileira Lin Gui levou o ouro ao vencer a decisão por 4 sets a 0 (Foto: Divulgação)

No Aquece Rio Tênis de Mesa, evento-teste oficial dos Jogos Olímpicos de 2016, o Brasil conquistou resultados expressivos na última quinta-feira, dia 19. No torneio individual feminino, Lin Gui, 135ª colocada do ranking mundial, faturou a medalha de ouro, enquanto Thiago Monteiro, número 123, levou a prata no masculino.

Na decisão brasileira entre a vice-campeã dos Jogos Pan-Americanos de Toronto e Leticia Nakada (229ª), triunfo de Lin com parciais de 11/3, 11/5, 11/7 e 11/5. Antes, na semifinal, vitória sobre Bruna Takahashi (141ª), por 4 a 1 (11/7, 9/11, 11/9, 11/6 e 11/9).

Apesar dos dois resultados positivos que antecederam o título, a campeã preferiu ressaltar o embate com Jessica Yamada, pelas quartas de final, em que venceu por 4 a 3, de virada.

“Acho que a chave de tudo pra mim foi a vitória sobre a Jessica Yamada. Eu saí atrás, perdendo por 3 a 0, mas consegui a virada e a vaga na semifinal. Isso me deu muita confiança, inclusive para ganhar da Bruna, que acaba de vir de um grande resultado no Mundial”, explicou Lin, referindo-se ao título de Takahashi no Mundial de Cadetes.

Embora a competição tenha apresentado um número reduzido de atletas em comparação com um torneio oficial do Circuito Mundial, Lin Gui destacou a importância do evento-teste: “Estou satisfeita com meu desempenho. Jogar com as principais atletas brasileiras também é difícil, mesmo não tendo tantas jogadoras fortes de fora na competição”.

Prata, Thiago Monteiro não foi páreo para o britânico Paul Drinkhall na final (Foto: Divulgação)
Prata, Thiago Monteiro não foi páreo para o britânico Paul Drinkhall na final (Foto: Divulgação)

Já no masculino, o Brasil não teve chances na decisão. Thiago Monteiro viu o britânico Paul Drinkhall (57º) dominar a final e vencer por 4 a 0, parciais de 11/5, 12/10, 11/7 e 11/7. No entanto, o cearense aprovou sua campanha no Aquece Rio Tênis de Mesa e exaltou a eficiência do adversário.

“A campanha foi boa no geral e tenho a consciência que não perdi porque joguei mal, mas sim por méritos dele. Minha tática não funcionou, mas isso é natural contra um jogador de alto nível”, sintetizou Monteiro.

O início dos torneios por equipes está reservado para esta sexta-feira, a partir das 10h30 (de Brasília), com o término agendado para sábado.

Comente