Gazeta Esportiva |

Boxeador mais experiente da Seleção Brasileira quebra o braço e fica fora do Rio

Em Mais Esportes, Olimpíadas 2016
Publicado em 17/02/2016 14:59:16 Compartilhe
São Paulo , SP
myke
(Foto: Reprodução/CBBoxe)

Myke Carvalho, o boxeador que mais representou o Brasil em Olimpíadas (Atenas, Pequim e Londres), não participará da Rio-2016 e anunciou que deixará o esporte.

Durante uma luta contra o norueguês Martin Larsen, pelo torneio Istvan Bocksai Memorial, na Hungria, há duas semanas, o paraense de 32 anos quebrou o osso do antebraço esquerdo e operou na última terça, com previsão para pelo menos três meses de recuperação, ficando de fora do Pré-Olímpico de Buenos Aires, em março – competição que dá três vagas para a América nos Jogos do Rio.

“É uma pena, mas a vida é assim. Eu estava treinando para isso, para ir em busca de medalha no Rio. Para mim, já deu o boxe. Vou parar de lutar e trabalhar como treinador. Tenho minha academia em Belém, um projeto que se chama ‘Descobrindo Talentos'”, conta Myke, anunciando que deixará de lutar. O boxeador possui uma ONG e deseja passar a ajudar na formação de novos boxeadores no Pará.

O lutador foi bronze na categoria até 64 quilos no Pan do Rio, em 2007 e até 69 quilos em Guadalajara, 2011, e havia subido para a categoria até 75 quilos para competir nas Olimpíadas.

A Confederação Brasileira de Boxe (CBBoxe) possui apenas um atleta por categoria. Portanto, Pedro Lima, ouro no Pan do Rio em 2007 na categoria até 69 quilos foi chamado às pressas e disputará o Pré-Olímpico em busca da vaga para 2016.

 

 

Comente