Gazeta Esportiva |

Bielorrússia, França e Turquia caem no grupo do Brasil no basquete do Rio

Em Basquete, Olimpíadas 2016, Olimpíadas Destaque
Atualizado em 19/06/2016 - 21:41:44 Compartilhe
São Paulo , SP
(Foto: Fiba)
(Foto: Fiba)

A Seleção Brasileira feminina de basquete conheceu os adversários que faltavam no Grupo A dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro 2016. França Bielorrússia, Turquia asseguraram suas classificações pelo Pré-Olímpico Mundial e caíram na chave da equipe nacional, que também tem Japão e Austrália.

Os grupos do basquete feminino no Rio 2016 já tinham sido sorteados pela Federação Internacional de Basquete (Fiba), em 11 de março, ainda com cinco vagas a serem definidas. França, Bielorrússia e Turquia foram para o Grupo A, do Brasil. Espanha e China também se classificaram e caíram na outra chave, complementada por Estados Unidos, Canadá, Senegal e Sérvia.

“Sabíamos desde o início que precisávamos de uma equipe competitiva e em condições de trabalhar para tentarmos buscar as vitórias e uma boa classificação, independente dos adversários. Não tive nenhuma surpresa, apenas tiramos a dúvida das divisões dos grupos. Todas as equipes que saíssem do Pré-Olímpico Mundial seriam boas”, disse o treinador Antônio Carlos Barbosa.

A Seleção Brasileira estreia nas Olimpíadas enfrentando a Austrália, às 17h30 (de Brasília) de 6 de agosto. Dois dias depois, enfrenta o Japão no mesmo horário. Dia 9 de agosto, às 15h30, o duelo é com a Bielorrússia. Dia 11, contra a França. O encerramento da fase classificatória é em 13 de agosto, diante da Turquia.

“Teremos a oportunidade de realizar três jogos amistosos no final do mês contra a França, em Biarritz, onde vamos poder analisar o nível que estamos. Depois teremos ainda mais um mês para corrigirmos e melhorarmos o que for possível”, afirmou.

Os quatro primeiros colocados de cada chave avançam às quartas de final do Rio 2016, que terá seus jogos definidos em sistema de cruzamento olímpico. O objetivo da Seleção é ficar entre os três primeiros colocados de seu grupo para fugir de provável confronto com os Estados Unidos já na primeira partida eliminatória.

Comente