Gazeta Esportiva |

Após festa com Thiago Pereira, Ryan Lochte é assaltado no Rio

Em Bastidores, Natação, Olimpíadas 2016
Atualizado em 14/08/2016 - 15:25:28 Compartilhe
São Paulo , SP
Ryan Lochte foi assaltado na madrugada deste domingo após sair de uma festa junto com Thiago Pereira e outros amigos (Foto: Martin BUREAU/AFP)
Ryan Lochte foi assaltado na madrugada deste domingo após sair de uma festa junto com Thiago Pereira e outros amigos (Foto: Martin BUREAU/AFP)

Medalhista de ouro no revezamento 4x200m livre, Ryan Lochte sofreu um assalto na madrugada deste domingo, no Rio de Janeiro. O nadador norte-americano foi à uma festa a convite do brasileiro Thiago Pereira, no Club France, casa da França durante as Olimpíadas, para comemorar o aniversário de um amigo em comum.

Lochte estava acompanhado de mais três nadadores da delegação norte-americana. Todos já haviam encerrado suas participações nos Jogos Olímpicos, já que as disputas da natação terminaram neste sábado. Após a festa, Thiago Pereira se dirigiu ao hotel em que sua esposa estava hospedada, enquanto o atleta dos EUA entrou em um outro táxi e voltou para a Vila Olímpica, na zona oeste da cidade.

O carro em que estava foi parado pelos assaltantes, que portavam distintivos da polícia e mandaram todos descerem. “Eles sacaram as suas armas e disseram aos outros nadadores para deitarem no chão”, contou Lochte à NBC. O nadador disse que se recusou a seguir as ordens dos assaltantes. “Então o cara sacou a arma, inclinou-a e colocou-a na minha testa e ordenou: ‘desça’, e coloquei as minhas mãos para cima.” Os criminosos roubaram o dinheiro e a carteira dos atletas, deixando Lochte com o seu celular e as suas credenciais.

Questionado sobre o ocorrido, o porta-voz do COI, Mark Adams, negou o caso. O Comitê Olímpico dos EUA, por outro lida, confirmou o incidente, afirmando que os criminosos estavam vestidos de policiais e exigiram dinheiro e outros pertences. “Todos os quatro atletas estão seguros e cooperando com as autoridades”, avisaram.

A assessoria de imprensa de Thiago Pereira confirmou o caso e revelou que o brasileiro não sabia do acontecido até a manhã deste domingo. O nadador brasileiro ligou para o amigo, que alegou estar bem.

A mãe de Ryan Lochte, Ileana Lochte, descreveu o ocorrido como algo “aterrorizante”. Ela teria encontrado com o filho logo após o incidente, quando recebeu uma ligação e saiu direto do seu hotel para vê-lo.

“Acredito que todos estão abalados. Eles eram em alguns. Eles apenas roubaram os pertences e basicamente foi isso”, disse a mãe do nadador em contato com a reportagem do jornal norte-americano USA Today.

Comente