Verstappen é eleito o piloto do dia; Vettel é punido por causar acidente

São Paulo, SP

02/10/16 | 08:02 - 02/10/16 | 09:07

Red Bull Racing's Australian driver Daniel Ricciardo (L) and his teammate Max Verstappen (R) celebrate with their trophies after the Formula One Malaysian Grand Prix in Sepang on October 2, 2016. / AFP PHOTO / MOHD RASFAN
Max Verstappen (à dir.) foi o segundo colocado no GP da Malásia; Ricciardo venceu a prova (Foto: Mohd Rasfan/AFP)

O holandês Max Verstappen, da Red Bull, foi escolhido neste domingo como o piloto do dia no GP da Malásia. Ele foi o segundo colocado da prova, vencida pelo companheiro de equipe, o australiano Daniel Ricciardo. O alemão Nico Rosberg, da Mercedes, completou o pódio na terceira posição.

Verstappen teve um rendimento surpreendente e chegou a sonhar com a primeira colocação. Ele pressionou o então líder Lewis Hamilton a acelerar por diversas voltas. Após o britânico da Mercedes abandonar a prova por conta de um incêndio no motor, o holandês tentou ameaçar Ricciardo, mas diminuiu o ímpeto para garantir a dobradinha da RBR sem contratempos.

“Eu tinha um grande ritmo, aproveitei muito a corrida. Muito feliz com a segunda colocação e com o resultado perfeito para a Red Bull”, declarou o holandês.

Vettel é punido - O alemão Sebastian Vettel, da Ferrari, foi punido com a perda de três posições no grid do GP do Japão, marcado para o próximo domingo. A pena foi aplicada pela FIA devido ao acidente que ele provocou logo após a largada na Malásia. O piloto tentou forçar a ultrapassagem sobre Verstappen, mas tocou na traseira de Rosberg e abandonou a prova com a suspensão dianteira quebrada.

Após a corrida, Vettel disse que o acidente foi uma fatalidade. "Nós dois estávamos contornando a curva, mas o Nico optou por fazer uma linha diferente. O Nico estava na dele e eu na minha, mas não tinha ângulo para fazer nada melhor ali. O Verstappen estava do meu lado e me espremendo. Foi coisa de corrida", afirmou.

Deixe seu comentário