Lewis Hamilton afirma que carro de 2017 foi o mais difícil de sua carreira

São Paulo, SP

26-12-2017 14:05:15

Lewis Hamilton está na Fórmula 1 desde 2007 e acredita que o carro desta temporada foi o mais difícil de pilotar em sua carreira. Neste ano a FIA apresentou diversas mudanças no carro, como o alargamento da roda e a mudança na aerodinâmica.

“Este foi o mais difícil”, respondeu o piloto da Mercedes ao ser perguntado qual havia sido o carro mais difícil que ele pilotou. “Alguns dos problemas que tivemos estavam conosco há anos e percebemos apenas que precisávamos realmente fazer algo. O carro era novo e em uma escala mais larga, o que ampliou o problema na minha opinião. A dinâmica do pneu diferente foi o mais difícil a esse respeito”.

“2008 foi um ano difícil também. 2009 foi horrível. Este é um ótimo carro, mas foi complicado fazer com que funcionasse. Muitas vezes, para conseguir esse potencial extra, você precisa se superar um pouco. Este ano as pessoas falavam que tínhamos o melhor carro, e com certeza foi bom, mas há alguns problemas fundamentais com ele que estou lutando para superar”.

Veja também: Felipe Massa afirma que F1 acabou com o carro da “vovó” em 2017

Além disso, o britânico disse acreditar que conseguiu extrair o melhor do carro nos momentos decisivos, o que ajudou ele a conquistar o tetracampeonato Mundial. Ele também destacou que esse é o seu diferencial.

“Sinto que naqueles momentos, consegui extrair mais do que estava disposto a fazer e isso foi positivo. Muitas vezes, se você seguir a direção errada (na configuração), você nem consegue tirar o potencial do carro. Ele simplesmente não permitirá que você consiga aquele extra. Compreender o carro me permitiu tirar todo o potencial, e um pouco mais, então, mesmo nas corridas onde sofremos, conseguimos mais do que esperávamos”, contou Lewis Hamilton.

Deixe seu comentário