Motor/Fórmula 1

Destaque da F2, George Russel ganha espaço na Mercedes em 2019

São Paulo , SP
12/10/2018 14:54:32

Em: Fórmula 1
George entre na vaga de Lance Stroll (Foto: F1/Divulgação)

George Russel é o 16º nome confirmado para a próxima temporada da Fórmula 1. Ainda sem parceiro definido, o britânico estará, em 2019, no cockpit da Williams. Anunciado nessa sexta-feira, Russel é destaque na F2 e está muito perto de conquistar o título da categoria.

“É uma grande honra se juntar a uma equipe de prestígio e herança da Williams”, disse Russell. “A Fórmula 1 tem sido um sonho em minha vida. Eu assistia as corridas quando era criança e, agora, parece surreal que eu esteja prestes a estrear no grid, ao lado de pilotos que eu admiro há anos”.

Depois de já ter pilotado carros da Force India e da Mercedes, em testes, Russel vai tomar o lugar do canadense Lance Stroll. Em 2017, ele iniciou um programa junior da escuderia britânica. “Nós sempre tentamos promover e desenvolver jovens na Williams e George se encaixa perfeitamente nessa filosofia”, disse a vice-diretora Claire Williams.

Na F2, ele está na liderança, acumulando 37 pontos a mais que seu principal concorrente, Alexander Albon. A vitória está quase garantida porque, até o final da temporada, há apenas 48 pontos disponíveis.

“No tempo que passamos com ele até agora, acreditamos que ele será uma excelente opção para a nossa equipe”, adicionou Claire. “Seu compromisso, paixão e dedicação é exatamente o que precisamos para impulsionar o momento positivo, enquanto nos concentramos no futuro”.

Desde a saída de Jenson Button da escuderia, em 2000, Russel será o primeiro britânico na equipe. Em sua estreia, na Austrália, ele terá apenas 21 anos quando colocar seu carro na pista, em março. “Eu mal posso esperar por Melbourne, no próximo ano, para me juntar à Williams no início desta emocionante jornada”, finalizou.

Confira o grid para o próximo ano:
Mercedes – Lewis Hamilton e Valtteri Bottas
Ferrari – Sebastian Vettel e Charles Leclerc
Red Bull – Max Verstappen e Pierre Gasly
Renault – Daniel Ricciardo e Nico Hulkenberg
Haas – Romain Grosjean e Kevin Magnussen
McLaren – Carlos Sainz e Lando Norris
Force India – à confirmar
Toro Rosso – Daniil Kvyat e à confirmar
Sauber – Kimi Raikkonen e Antonio Giovinazzi
Williams – George Russell e à confirmar