Briatore diz que destituição de Ecclestone da F1 "não foi elegante"

São Paulo, SP

26-01-2017 14:50:19

Nesta semana, com a chegada do grupo Liberty Media, novo dono da Fórmula 1, o então chefe da categoria, Bernie Ecclestone, foi afastado do cargo. Quem acredita que a situação não foi tratada da melhor forma é Flávio Briatore, ex-chefe de equipes.

"Acredito que a destituição de Ecclestone não foi muito elegante. Bernie deu êxito e sucesso a muitas pessoas que não mereciam", disse o ex-chefe da Benetton e da Renault ao jornal italiano La Gazzetta dello Sport. 

Flavio Briatore is pictured ahead of the Italian Formula One Grand Prix at the Autodromo Nazionale circuit in Monza on September 6, 2015. AFP PHOTO / ANDREAS SOLARO / AFP / ANDREAS SOLARO
Briatore é amigo de longa data de Ecclestone (Foto: Andreas Solaro/AFP)

Além disso, Briatore chamou atenção para os principais desafios que o novo dono da F1 encontrará ao assumir a categoria, como problemas financeiros enfrentados pelas equipes.

"A situação é Fórmula 1 é preocupante. A maioria das escuderias estão em crise financeira e circuitos, como Silverstone, correm perigo. A Liberty Media enfrenta um grande risco, pois é um mercado difícil", completou.

Nesta semana, o brasileiro Nelson Piquet já havia exaltado as importantes contribuições de Ecclestone para a Fórmula 1. Além disso, diversas personalidades do mundo do automobilismo reagiram ao afastamento de Bernie.

Deixe seu comentário