Recuperado de uma tendinite, Ferrer tem presença garantida em Nova York

São Paulo, SP

25-08-2015 11:22:24

O espanhol David Ferrer teve presença em Nova York confirmada por seu técnico (Foto: AFP)
O espanhol David Ferrer teve presença confirmada em Nova York por seu técnico Paco Fogues (Foto: AFP)

Após ficar de fora dos Masters 1000 de Montreal e de Cincinnati por conta de uma tendinite no cotovelo direito, David Ferrer estará presente no quarto e último Grand Slam do ano, o Aberto dos Estados, que começa no dia 31 de agosto. A informação vem do treinador do próprio tenista, Paco Fogues, que também avisou que seu pupilo iniciará os treinos nas quadras de Nova York já nesta quarta-feira.

“Acreditamos que ele esteja em condições para atuar, além de ter uma margem de cinco dias para poder treinar tranquilamente. Nos últimos dez dias ou duas semanas temos treinado com muita tranquilidade, as práticas têm sido tranquilas e melhorarão em tempo e intensidade se seguirmos esta linha”, analisou Fogues.

Embora esteja há quase dois meses fora das disputas, Ferrer segue na sétima colocação do ranking mundial, com apenas 15 pontos de vantagem sobre o oitavo colocado, seu compatriota Rafael Nadal. O objetivo do espanhol de Javea é se classificar para o ATP Finals, torneio que reúne os oito melhores da temporada em Londres, no mês de novembro.

No Aberto dos Estados Unidos, Ferrer defenderá 90 pontos correspondentes à terceira rodada, fase em que foi eliminado pelo francês Gilles Simon em 2014. O espanhol não disputa uma partida oficial desde o dia 23 de junho, quando perdeu para o cipriota Marcos Baghdatis na segunda rodada do ATP 250 de Nottingham. Dessa forma, não pôde competir em Wimbledon, ficando de fora de um Grand Slam pela primeira vez em toda sua carreira.

O tenista de 33 anos também perdeu o ATP 500 de Hamburgo, onde defendia os pontos do vice-campeonato, e ainda foi baixa na temporada norte-americana de piso rápido, em que fez quartas de final em Toronto e final em Cincinnati em 2014. Na atual temporada, David Ferrer ergueu os troféus dos ATPs de Doha, Rio de Janeiro e Acapulco, todos no começo do ano.

Deixe seu comentário