Djokovic, Tsitipas, Rublev e Carreño avançam às oitavas de Roland Garros

AFP - São Paulo,SP

03-10-2020 19:06:53

O número 1 do mundo, Novak Djokovic, acabou com o sonho do colombiano Daniel Galán (152º ATP), que havia se classificado para o quadro principal de Roland Garros como 'lucky loser' (vindo da repescagem na classificação).

O tenista sérvio venceu com facilidade por 3 sets a 0, parciais de 6-0, 6-3 e 6-2 pela terceira fase na quadra Philippe Chatrier.

A chuva apareceu no meio do duelo, quando Djokovic vencia por 6 a 0 e 2 a 1 após 50 minutos de jogo.

A organização decidiu estender a cobertura retrátil, manobra que dura 15 minutos. Os serviços de manutenção foram para a pista Central com um caminhão de saibro, com o qual o próprio Djokovic colaborou na de espalhar pela quadra.

Após a interrupção, Galán acalmou os nervos e deu bons golpes, aplaudido por Djokovic em algumas ocasiões.

O sérvio elevou seu recorde de vitórias para 34 em 2020. Sua única derrota aconteceu com a expulsão no US Open, nas oitavas, por acertar uma árbitra de linha.

Djokovic vai enfrentar, valendo uma vaga nas quartas de final, o russo Karen Kachanov, que eliminou o chileno Christian Garín com parciais de 2-6, 6-3, 6-4 e 6-2.

"Estou feliz com meu jogo de hoje (sábado). Joguei agressivamente e saquei bem quando necessário", disse Djoko após a partida.


Antes de se enfrentarem nas oitavas, o grego Stefanos Tsitsipas (6º) e o búlgaro Grigor Dimitrov (20º) aproveitaram o abandono do adversário nesta terceira fase.

Tsitsipas vencia por 6-1, 6-2 e 3-1 quando o russo Aljaz Bedene (56º) jogou a toalha.

"Poder jogar na segunda semana me dá muita confiança. É uma sensação incrível. Você sente que pertence a um grupo de prestígio", comentou.

Já o búlgaro vencia por 6-1 e 6-3 quando o espanhol Roberto Carballes (101º) desistiu devido a um vírus estomacal.

Ele que nunca havia passado da terceira fase em Roland Garros, este ano tem se mostrado em ótimas condições, não tendo perdido um único set em três partidas.

"Estou feliz com meu nível de jogo. E meu físico também", alertou.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Em duelo 100% espanhol, Carreño se classificou eliminando Roberto Bautista (11º), 6-4, 6-3, 5-7 e 6-4, e vai disputar uma vaga nas quartas com o alemão Daniel Altmaier (186º).

Já o russo Andrey Rublev (12º) avançou ao eliminar o sul-africano Kevin Anderson (N.118) 6-3, 6-2, 6-3, enquanto o italiano Matteo Berrettini (8º) perdeu para o alemão Daniel Altmaier.

Mais cedo o brasileiro Thiago Monteiro (89º do ranking da ATP) foi eliminado na terceira fase pelo húngaro Marton Fucsovics (61º), que venceu por 7-5, 6-1 e 6-3, em duas horas e 21 minutos de jogo.

Monteiro, de 26 anos, sai de Paris superando seu melhor desempenho, a segunda rodada que alcançou em 2017.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Deixe seu comentário