Noruega é a grande campeã dos Jogos de PyeongChang

São Paulo, SP

25-02-2018 15:19:49

Chegou ao fim a Olimpíada de Inverno de PyeongChang e, após 18 dias de competições, a Noruega se sagrou campeã no quadro geral de medalhas. A pequena nação nórdica é uma potência nos esportes de inverno e já é tradição brigar pela posição de país mais vitorioso dos Jogos. Alemanha e Canadá completara o "pódio" do quadro geral.

A disputa com a Alemanha pelo topo foi até a última medalha, literalmente. A Noruega conquistou a prova que encerrou a programação dos Jogos e empatou em ouro com os alemães. Como somou mais medalhas no total, garantiu o primeiro lugar. Foram 39 ao todo, 14 de ouro, 14 de prata e 11 de bronze, contra 31 do país germânico, sendo 14 de ouro, 10 de prata e sete de bronze.

A responsável pelo ouro que deu a liderança à Noruega foi a esquiadora e lenda do esqui cross-country Marit Bjoergen. A atleta de 37 anos conquistou cinco medalhas em PyeongChang, ouro nos 30km; bronze em velocidade por equipes, junto com Maiken Caspersen; ouro no revezamento 4x5km; prata no 7,5km sprint + 7,5km esquiatlo e bronze nos 10km. Essas conquistas levaram a norueguesa a se tornar a maior medalhista olímpica da história, com 15 medalhas, em cinco edições de Jogos.

 

Suécia leva ouro no curling feminino e se torna maior campeã

Suecas são tricampeãs olímpicas (Foto: WANG Zhao/AFP)

Encarando a surpresa da modalidade e donas da casa, Coreia do Sul, as suecas não permitiram que a zebra acontecesse e conquistaram seu terceiro ouro da história. A Coreia, pela primeira vez, conseguiu um lugar no pódio no Curling. Com equilíbrio nos dois primeiros ends da partida, a Suécia passou a dominar a partir do terceiro e fizeram 8 a 3 para as sul-coreanas desistirem no último end.

 

Atletas Olímpicos da Rússia superam Alemanha e são campeões do hóquei

Russos ganharam ouro inédito (Foto: Brendan Smialowski/AFP)

A Rússia poderia ter sua bandeira no lugar mais alto do pódio do hóquei pela primeira vez na história em PyeongChang. No entanto, o país conquistou seu primeiro ouro na modalidade - após a extinção da União Soviética - jogando pela bandeira Olímpica de atletas russos. A final emocionante diante da Alemanha foi decidida na prorrogação, após a Rússia empatar o jogo faltando 50 segundos para o final do tempo normal. O 4 a 3 decretou o título e a festa para os russos.

 

Austríaca faz história e se torna primeira mulher campeã em duas modalidades

Ledecka ganhou dois ouros (Foto: Martin BERNETTI/AFp)

Jamais uma mulher havia conquistado o ouro em modalidades diferentes nos Jogos Olímpicos de Inverno. Ester Ledecka, da República Tcheca conseguiu o feito com apenas 22 anos. Favorita no snowboard slalom paralelo gigante, não foi surpresa a atleta faturar o ouro. Mas no esqui alpino Super G, ela estreava nos Jogos e não havia participado de nenhuma competição relevante e desbancou a experiência das adversárias. Com as duas medalhas, escreveu seu nome na história olímpica.

 

 

Deixe seu comentário