Gazeta Esportiva |

Bronze no Mundial Júnior, nadador Felipe Ribeiro busca vaga olímpica

Em Mais Esportes, Natação, Olimpíadas 2016
Publicado em 26/10/2015 18:52:19 Compartilhe
São Paulo , SP
O jovem nadador Felipe Ribeiro pretende fazer sua estreia Olímpica no Rio de Janeiro, em 2016 (Foto: divulgação)
O jovem nadador Felipe Ribeiro pretende fazer sua estreia Olímpica no Rio de Janeiro, em 2016 (Foto: divulgação)

Aos 17 anos de idade, o nadador brasileiro Felipe Ribeiro vive um ano vitorioso, mas ainda quer chegar mais longe. Motivado pela conquista da medalha de bronze nos 100 m livre do Mundial Júnior de Natação, realizado em Cingapura entre os meses de agosto e setembro, o jovem agora almeja conquistar uma vaga para disputar as Olimpíadas do Rio de Janeiro, em 2016.

Para alcançar tal objetivo, ele terá duas ocasiões: o Open de Palhoça, em dezembro, e o Troféu Maria Lenk, no Rio de Janeiro, em abril do ano que vem.

“Confio no meu potencial, mesmo competindo contra os melhores do Brasil pelas mesmas vagas. Venho melhorando meus tempos a cada competição, espero estar no auge físico em ambos os campeonatos. Agora é foco nos treinos para aperfeiçoar minha técnica e continuar evoluindo”, disse o atleta, que busca uma vaga na equipe que disputará o revezamento 4×100 m nos Jogos Olímpicos.

O atual melhor tempo de Felipe Ribeiro nos 400 m livre é de 49s16, pouco acima do índice A estabelecido pela Federação Internacional de Natação (Fina) para obtenção de vaga nas Olimpíadas do Rio. Mas o nadador de 17 se qualificaria através do índice B para tal prova, por exemplo, que é de 50s70.

Apesar de alimentar o sonho olímpico, Ribeiro tem calma ao projetar sua carreira e acredita em outras oportunidades de compor a delegação brasileira na mais importante competição dos esportes mundiais.

“Se não conseguir vaga para essa Olimpíada, sei que tenho idade e terei tempo para disputar a próxima, mas farei o que estiver em meu alcance para nadar no Brasil, não vou medir esforços para realizar meu sonho”, garantiu.

Comente

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *