Jamaica irá recorrer ao TAS após COI decidir retirar os ouros da equipe

São Paulo, SP

26-01-2017 11:26:04

A decisão de do Comitê Olímpico Internacional em anular a vitória da Jamaica na final do revezamento 4x100m nos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008, não foi muito bem aceita pelo país. A Associação Olímpica Jamaicana planeja entrar com um processo no Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) na tentativa de reverter a decisão e manter seus atletas com suas respectivas medalhas de ouro.

A equipe de revezamento jamaicana perdeu a medalha por conta de Nesta Carter, que testou positivo para um exame antidoping feito com uma amostra coletada no período dos Jogos. Desta forma, Usain Bolt, detentor do tricampeonato olímpico nos 100m, 200m e 4x100m, terá de abrir mão de uma das suas nove medalhas.

“Temos de decidir ainda qual é o melhor processo legal. A equipe foi afetada e estamos interessados em protege-los e dar a chance justa de limpares seus nomes”, disse o presidente da Associação Olímpica Jamaicana Mike Fennell.

Se o COI manter a decisão de não validar a vitória da equipe jamaicana no revezamento 4x100m de Pequim 2008, haverá uma redistribuição das medalhas. No caso Trinidad e Tobago ficará com o outro, Japão com a prata e o Brasil com o bronze.

Deixe seu comentário