Futsal

Carlos Barbosa vence Tubarão no primeiro jogo das oitavas da LNF

São Paulo , SP
13/10/2018 21:54:06

Em: Futsal, Liga Nacional de Futsal

Neste sábado, o Carlos Barbosa largou na frente nas oitavas de final da Liga Nacional de Futsal. Jogando no Ginásio Estener Soratto, em Tubarão (SC), o time comandado por Marquinhos Xavier venceu o Tubarão por 6 a 4 no primeiro duelo entre as duas equipes.  Felipe Valério, Lé, Bruno Souza, Pesk, Gian Wolverine e Darlan marcaram os gols do triunfo. Hugo, Serginho, Evandro, Pakito e Jean anotaram os tentos do time mandante.

Com o resultado, o time gaúcho joga pelo empate na segunda partida. Em caso de triunfo da equipe catarinense, o confronto vai para a prorrogação. Segunda melhor campanha da fase de classificação, a ACBF tem a vantagem do empate na prorrogação.

As duas equipes voltam a se enfrentar no domingo, dia 21 de outubro, às 10h30 (de Brasília), no Centro Municipal de Eventos Sérgio Luiz Guerra, em Carlos Barbosa (RS).

Carlos Barbosa tem a vantagem do empate no jogo da volta (Foto: LNF/Divulgação)

O jogo

O time da casa abriu o placar com apenas quatro minutos de jogo. Jean Gaúcho recebeu a bola de costas para a defesa, fez o giro apesar da marcação forte e bateu cruzado no canto para abrir o placar. A resposta veio 30 segundos depois. Carlos Barbosa roubou a bola no meio de campo. Vladin arrancou e ofereceu para Pesk finalizar alto e superar o goleiro adversário.

Com dez minutos para o fim da primeira etapa, o time comandado por Marquinhos Barbosa conseguiu a virada. No contra-ataque, o goleiro lançou para Douglinhas, que matou e deu passe para Lé. Este só puxou para o pé esquerdo e arrematou com força. Já com 7min51 restantes, Marlon recebeu na esquerda e bateu cruzado. Bruno Souza apenas desviou para fazer 3 a 1. Jogando com goleiro-linha, Valdin conseguiu roubar a bola, puxou contra-ataque com a quadra aberta e rolou para Felipe empurrar para o fundo do gol.

O Tubarão conseguiu reduzir a diferença com 46 segundos para o intervalo. Acco recebeu a bola na direita e lançou para a área. De costas para o gol, Pakito bateu de calcanhar a bola no ar para fazer 4 a 2. Após três minutos da segunda metade, os mandantes voltaram a marcar gol. Acco rolou para Evandro, que deu elástico para sair da marcação e bateu no ângulo.

Com 7min30para o fim da partida, o goleiro Gian Wolwerine, ao ser pressionado, lançou a bola para Douglinhas acertar o travessão. Na sobra, Darlan apenas completou para dar um respiro para o Carlos Barbosa. Faltando 1min57 para o estouro do cronômetro, Gian Wolverine recuperou a bola, aproveitou que o time adversário estava no abafa e finalizou do outro lado da quadra para fazer 6 a 3. Faltando menos de um minuto, Serginho chutou da entrada da área e reduziu a diferença.