Gazeta Esportiva |

De olho no Rio 2016, Kléber Ramos usa 9 de Julho para adquirir ritmo

Em Ciclismo, Mais Esportes, Olimpíadas 2016
Atualizado em 10/07/2016 - 14:37:04 Compartilhe
José Victor e Bruno Calió * - São Paulo , SP
Especialista em trechos montanhosos, Kléber Ramos ficou em 15º na 9 de Julho (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)
Especialista em trechos montanhosos, Kléber Ramos ficou em 15º na 9 de Julho (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

O Brasil colocará em Kléber Ramos o peso de ser o único representante do País no ciclismo de estrada dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Especializado em circuitos montanhosos, o paraibano aproveitou a 70ª edição da Prova Ciclística Internacional 9 de Julho, realizada no último sábado, para aprimorar sua preparação para o maior evento esportivo do mundo. O atleta da Funvic Soul Cycles/Carrefour terminou a tradicional competição paulistana no 15º lugar ao pedalar o percurso de 96,4km em 2h06min49, apenas dois segundos atrás do campeão, Joel Prado Júnior.

“A 9 de Julho é uma grande prova, uma das mais antigas do país. A partir de agora cada corrida será muito importante na questão do ritmo. A 9 de Julho foi importante para adquirir esse ritmo para os Jogos do Rio. No ciclismo, quando mais você corre, mais pega ritmo. Estamos fazendo treinos muito fortes de cinco, seis e até sete horas”, relatou o atleta de 30 anos à Gazeta Esportiva.

Sétimo colocado e brasileiro mais bem classificado no evento-teste do ciclismo de estrada em 2015, na capital fluminense, Ramos festejou a vaga conquistada ao Rio 2016, do qual espera obter obter um bom resultado no torneio marcado para acontecer de 6 a 10 de agosto.

“O evento-teste foi um bom resultado para a convocação dos Jogos Olímpicos. Fizemos um reconhecimento do percurso com outros países que são potências no ciclismo como França e Itália. Foi um passo para a convocação e estou muito contente de representar o país nas Olimpíadas. É um sonho de criança. Vou dar o meu melhor e espero sair com um bom resultado”, contou o ciclista.

Embora tenha utilizado bem as ruas de São Paulo para adquirir mais ritmo, Kléber se depara com um panorama mais semelhante ao que vai encontrar no Rio de Janeiro em provas montanhosas. Por isso, o atleta começou a temporada dando prioridade a esse tipo de competição.

“A gente vêm visando os Jogos Olímpicos há meses. Desde janeiro estamos participando de competições na Itália, Espanha, Europa, África. Estamos no caminho certo, fazendo uma boa preparação no Vale do Paraíba, em Campos de Jordão, com muita montanha, como será o percurso no Rio, que exigirá muito dos atletas. Estamos no caminho certo para chegar lá 100%”, concluiu.

*Especial para a Gazeta Esportiva

Comente