Carlos Barbosa renova com o treinador Marquinhos Xavier

São Paulo, SP

20-10-2017 12:50:13

A temporada do futsal ainda não acabou, mas o time de Carlos Barbosa (ACBF) não perdeu tempo e anunciou a renovação de contrato por mais um ano com o treinador Marquinhos Xavier. Em 2018, o comandante dividirá suas funções entre o clube gaúcho e a Seleção Brasileira, que assumiu em julho deste ano. Na atual temporada, o clube está classificado para a semifinal da Liga Gaúcha e disputa as quartas da Liga Nacional, contra Foz Cataratas.

Marquinhos Xavier foi contratado em 2014 para substituir Paulo Mussalem e no ano seguinte o trabalho já rendeu muitos frutos, com a conquista da pentacampeonato da Liga Nacional e do campeonato Gaúcho. Além desses, o treinador acumula a Taça Brasil de 2016 e mais dois títulos conquistados neste ano, a Copa Libertadores de Futsal e a Supercopa.

Marquinhos Xavier treina Carlos Barbosa desde 2014 (Foto: Divulgação/ACBF)

Com o novo vínculo assinado, o treinador prometeu seguir com o trabalho e o projeto vitorioso. "É um prazer imenso. Tivemos conquistas e eu tenho a oportunidade de continuar um ciclo de trabalho no qual criamos um novo perfil competitivo que pudesse se adequar às questões financeiras do clube. disse. Sobre a divisão entre a seleção e a equipe, o treinador se mostrou despreocupado. "Para mim é um momento especial que culmina com minha atuação dentro da Seleção Brasileira. Também aceitei permanecer no cargo, pois tenho plena confiança nas pessoas que estão ao meu redor. Todas elas fazem um trabalho interdependente e de muita responsabilidade”, completou.

O presidente da equipe de Carlos Barbosa, Fabiano Kafer, mostrou otimismo com o treinador e não escondeu que espera mais títulos. "Hoje estamos renovando o contrato do Marquinhos. A gente sabe da capacidade de liderança dele. Nos trouxe muitos títulos nesse período e esperamos que siga trabalhando desta forma junto com a comissão técnica, que dá todo esse suporte para o sucesso", afirmou o dirigente.

Quem também falou durante a entrevista coletiva de anúncio foi o supervisor e ex-goleiro Lavoisier Martins, que comentou a divisão das atenções do treinador entre os dois times que comanda. "Para nós é um momento de extrema felicidade. É a primeira vez na história da ACBF que um treinador trabalha aqui e simultaneamente na Seleção Brasileira. A gente tem uma comissão multidisciplinar que vai dar todo o apoio. Na sua ausência, a comissão técnica vai dar continuidade ao trabalho", disse o dirigente.

 

Deixe seu comentário