Gazeta Esportiva |

Keila rejeita descanso por final de Mundial após prata no Pan

Em Atletismo, Jogos Pan-Americanos, Olimpíadas 2016
Atualizado em 31/07/2015 - 16:24:27 Compartilhe
André Sender - São Caetano do Sul , SP
Keila Costa foi prata no salto triplo em Toronto 2015 (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)
Keila Costa foi prata no salto triplo em Toronto 2015 (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

Nem bem retornou ao Brasil após conquistar a medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos de Toronto 2015, a saltadora Keila Costa já retomou os treinos. Segunda colocada no salto triplo no Canadá, ela agora se dedica a aperfeiçoar o salto em distância, prova que disputará no Campeonato Mundial de atletismo de Pequim sonhando em alcançar a final.

Keila disputou as duas provas em Toronto 2015. No salto triplo, seu favorito, foi prata com 14,50m, superada apenas pela colombiana Caterina Ibarguen, que conquistou o ouro com 15,08m. No salto em distância, não conseguiu classificação à final depois de queimar duas de três tentativas e atingir 6,41m em sua única marca válida.

“Já estou treinando porque não dá para parar. Agora tenho que me dedicar um pouco mais ao salto em distância por causa do Mundial e pretendo saltar acima de 6,70m”, disse Keila, lembrando que a marca pretendida em Pequim lhe daria a prata em Toronto. “Tenho condições de brigar bem e buscar a final. E aí tudo pode acontecer, como sempre acontece”, completou.

O Mundial de atletismo de Pequim será disputado de 22 a 30 de agosto, no Estádio Ninho do Pássaro, que recebeu as provas da modalidade nos Jogos Olímpicos de 2008. Keila, que compete já no primeiro dia de evento, viaja à China dia 10 para um período de aclimatação antes do torneio.

Quando voltar para casa, ainda não terá férias. Assim como grande parte dos atletas de elite do País, ela é integrante das Forças Armadas Brasileiras e terá que disputar os Jogos Mundiais Militares, de 2 a 11 de outubro, na cidade sul-coreana de Mungyeong. Lá, disputará os saltos triplo e em distância antes de ganhar sua primeira folga prolongada da temporada.

“O ano foi bem corrido. Vou ter duas semanas de pausa. Pretendo ir a Recife, minha família é de lá, para descansar mesmo e começar 2016 zerada e bem focada nas Olimpíadas do Rio”, explicou a atleta pernambucana.

Keila já tem índice para disputar o salto em distância nos Jogos na Cidade Maravilhosa, mas o período após as férias será dedicado a aperfeiçoar o triplo, prova que gosta mais de treinar e em que acredita ter mais chances de obter um bom resultado diante dos torcedores brasileiros no próximo ano.

A saltadora pernambucana participou das Olimpíadas de Atenas 2004, em que foi eliminada nas classificatórias do salto em distância, e Pequim 2008, conseguindo classificação à final na mesma prova, que teve o título de sua compatriota Maurren Maggi com a marca de 7,04m. Em Pequim, ela saltou 6,43m e ficou na 11ª posição.

“Não é que eu não goste do salto em distância, mas me identifico mais com o triplo. Gosto mais de treinar, sei que consigo fazer bem e vou me dedicar a ele”, garantiu.

Comente