Atletismo/ São Silvestre

Heitor desbanca pentacampeão dos Cadeirantes e fatura título inédito

José Victor Ligero, especial para GE.net - São Paulo, SP - Brasil
31/12/2014 09:58:00

Em: Atletismo, Corrida Internacional de São Silvestre, Mais Esportes

A categoria Cadeirantes da Corrida Internacional de São Silvestre tem um novo campeão. Após o tricampeonato consecutivo de Jaciel Antonio Paulino, Heitor Mariano dos Santos venceu a prova da 90ª edição da mais tradicional Corrida de Rua da América Latina, nesta quarta-feira, na capital de São Paulo, conquistando o título inédito com o tempo de 49min53s. O segundo colocado foi justamente Jaciel (51min31s), que perdeu a chance de se tornar o único com seis conquistas.

Emocionado com a conquista, Mariano comemorou a vitória sobre o favorito Jaciel e ressaltou que não teve tempo hábil para se preparar como gostaria para a corrida do último dia do ano por conta do apertado calendário de 2014. Neste ano, o paratleta de Praia Grande (SP) disputou a Meia Maratona de Oita, no Japão, onde foi o melhor latino-americano, com o 15º lugar.

“É uma glória ganhar do Jaciel, que é um grande atleta, já tem experiência nessa prova”, disse Heitor, terceiro colocado em 2011. “Esta é minha segunda competição (na São Silvestre). Estou muito feliz, treinei bastante para esta prova. Na verdade eu não treinei o tempo hábil que eu gostaria, porque eu estava no Japão”, completou o paratleta, que superou as subidas do percurso de 15 quilômetros para ser o primeiro a passar pela faixa de chegada na Avenida Paulista.

Heitor Mariano marcou 49min53s e bateu o favorito Jaciel Paulino na categoria Cadeirantes da SS
Heitor Mariano marcou 49min53s e bateu o favorito Jaciel Paulino na categoria Cadeirantes da SS – Credito: Marcelo Ferrelli/Gazeta Press

“A parte onde eu mais senti dificuldade foi nas curvas, que têm subidas. Na subida, eu não tenho tanto tronco para fazer uma força, então ali a cadeira trava e você perde velocidade e ali o Jaciel poderia encostar, mas graças a Deus eu treinei e deu turdo certo”, destacou Heitor.

O campeão ainda aconselhou aqueles que têm a mesma deficiência a praticar esportes a fim de melhorar a saúde.

“A mensagem que eu passo é que independente da atividade física que você faça, vá procurar um esporte, uma atividade, uma cadeira de corrida de roda e saia de casa. Faça uma atividade porque faz bem para a saúde”, encerrou.

Heitor Mariano (de azul) foi o mais ráoido na categoria Cadeirantes da SS
Heitor Mariano (de azul) foi o mais ráoido na categoria Cadeirantes da SS – Credito: Djalma Vassão/Gazeta Press

Tricampeã

Entre as mulheres, a melhor foi Aline dos Santos Rocha, com a marca de 51min46s. Com a vitória desta quarta-feira, a paratleta conquistou o tricampeonato consecutivo da São Silvestre. Ela só fica atrás de Angelina Nascimento da Silva, que é detentora de quatro troféus (2007, 2009, 2010 e 2011).

“É a terceira vez que eu participo e a terceira vez que eu ganho”, celebrou Aline. “Eu sofri um acidente aos 15 anos e não fazia nada. Há quatro anos eu conheci o esporte e logo no segundo ano eu participei da São Silvestre e desde a primeira participação foi paixão à primeira vista”, contou a paratleta de 23 anos.

“Não importa a sua condição física, sempre é possível fazer alguma coisa”, avisou Aline.

Entre as mulheres, Aline Rocha sagrou-se tricampeã da São Silvestre
Entre as mulheres, Aline Rocha sagrou-se tricampeã da São Silvestre – Credito: Marcelo Ferrelli/Gazeta Press