Renato Gaúcho pode ser o 5º campeão do mundo de clubes como jogador e técnico

Eduardo Bertuol - Porto Alegre , RS
15/12/2017 14:01:00 — 15/12/2017 14:01:50

Em: Futebol, Futebol Internacional, Grêmio, Mundial de Clubes
Como jogador, Renato venceu o Mundial em 1983, ao bater o Hamburgo-ALE (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

Após se tornar o primeiro brasileiro a ser campeão da Copa Libertadores da América como jogador e como técnico, Renato Gaúcho pode emplacar mais uma conquista individual, a de campeão mundial. Para isso, o time do Grêmio, comandado por Renato, precisa vencer o Real Madrid na final do Mundial de Clubes que ocorre neste sábado em Abu Dhabi (EAU).

Como jogador, Renato foi campeão do Mundial Interclubes em 1983 defendendo o próprio Grêmio. Na época, o Tricolor Gaúcho venceu o Hamburgo-ALE pelo placar de 2 a 1, com dois gols de Renato Gaúcho. Na coletiva desta sexta-feira, o treinador gremista falou sobre essa possibilidade e a ansiedade para o confronto.

“Hoje a minha ansiedade é maior porque eu estou fora do campo. É lógico, é mais uma conquista que eu posso ter no meu currículo e praticamente são muitos poucos que possuem isso. Lógico que fico feliz por este momento, mas a minha felicidade maior é ver o meu grupo dando mais uma volta olímpica porque eu sempre elogiei durante o ano todo”, comentou Renato.

Caso consiga a proeza, Renato será novamente o primeiro brasileiro a ter esta conquista individual e o quinto campeão mundial como treinador e jogador. Até o momento, apenas Luis Cubilla, Juan Mujica, Carlo Ancelotti e Zidane (técnico do adversário da final) conseguiram tal feito.

A decisão do Mundial de Clubes entre Grêmio e Real Madrid ocorre neste sábado, às 15h (de Brasília), no Zayed Soccer City Stadium, em Abu Dhabi (EAU).