Mudança da Conmebol facilita escolhas de Cuca para Liberta

Bruno Calió - São Paulo,SP

23-06-2017 10:00:02

A Conmebol finalmente facilitou a vida do Palmeiras. A entidade sul-americana, responsável pela punição ao Verdão e ao volante Felipe Melo por conta da batalha contra o Peñarol, em Montevidéu, alterou as regras da Copa Libertadores e beneficiou uma decisão importante do técnico Cuca para as oitavas de final do torneio.

O regulamento da Libertadores previa que, cada time classificado para as oitavas de final da competição, pudesse alterar até três atletas na lista inicial de 30 inscritos. A decisão de ontem, porém, aumentou este número para seis.

A alteração permitirá que o Palmeiras inscreva seus quatro novos contratados. O lateral-direito Mayke (vindo do Cruzeiro), os zagueiros Luan (ex-Vasco) e Juninho (ex-Coritiba), além do volante Bruno Henrique (que veio do Palermo-ITA e fez apenas um treino com a equipe). Além do quarteto, o meia Moisés, que se recupera de cirurgia e deve retornar aos gramados em dois meses, também deverá ser inscrito.

Para que as mudanças ocorram, os cinco nomes que deixaram a lista também são praticamente certos. Vitor Hugo, Rafael Marques e Alecsandro, negociados com Fiorentina-ITA, Cruzeiro e Coritiba, respectivamente, certamente sairão do grupo.

Além do trio, os jovens Vitão e Léo Passos, que nem sequer integram o elenco profissional e foram inscritos apenas por falta de opções na ocasião, são os principais candidatos a serem retirado da lista de inscritos.

Além das cinco mudanças, o Palmeiras teria ainda mais uma vaga para mexer. O clube ainda procura um centroavante que possa atuar pelos lados do campo, característica que Gabriel Jesus demonstrou na campanha do título brasileiro de 2016, sob o comando de Cuca.

O Palmeiras encara o Barcelona de Guayaquil nas oitavas de final da Copa Libertadores. A primeira partida, no Equador, deverá ser no dia 5 de julho e, a equipe que avançar irá enfrentar o vencedor de Santos e Atlético-PR.

Deixe seu comentário