Gazeta Esportiva

Em nova nota, Pumas pede desculpa a Daniel Alves por "mal-entendido" sobre lesão

São Paulo, SP

30/09/22 | 09:17 - 30/09/22 | 10:54

Após ter anunciado que Daniel Alves havia sofrido uma lesão no ligamento do joelho direito, ser desmentido pelo lateral e apagar a publicação, o Pumas, do México, emitiu um novo comunicado sobre o caso na madrugada desta sexta-feira. Desta vez, o clube pediu desculpas ao jogador e afirmou que tudo não passou de um "mal-entendido".

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

"Para esclarecer o mal-entendido sobre a lesão de nosso jogador Dani Alves, o clube Universidad Nacional informa: o jogador recebeu uma pancada no joelho no fim do treinamento e, por precaução, não viajou para enfrentar o F.C. Juárez. A lesão requer tratamento básico e repouso. Devido a uma falta de comunicação e a viagem da equipe à Cidade Juárez, foi publicado uma informação errada. Por este erro, pedimos desculpas a Dani Alves", disse o time em nota oficial.

Na quinta, a falsa informação divulgada pela equipe causou uma reação imediata em Daniel Alves, que foi às redes sociais para negar a contusão. O veterano frisou que havia sofrido apenas uma pancada de seu companheiro e não viajou para a próxima partida, contra o Juárez, por precaução.

Com 39 anos, a presença de Daniel Alves na Copa do Mundo do Catar é dúvida. Após deixar o São Paulo, em setembro de 2021, o lateral ficou sem clube por cerca de dois meses, até retornar ao Barcelona, em novembro. Sete meses depois, saiu do clube catalão e optou por se juntar ao Pumas com o objetivo de seguir em forma para poder disputar o Mundial.

No entanto, na última convocação para a disputa de amistosos da Seleção Brasileira, o técnico Tite não chamou o atleta. O treinador preferiu convocar apenas Danilo, da Juventus, para a posição. Assim, caso fosse necessário, os zagueiros Éder Militão, do Real Madrid, ou Ibañez, da Roma, seriam improvisados no setor.

Deixe seu comentário