Donald Trump nega investir no San Lorenzo e é ironizado por Tinelli

São Paulo, SP

29-08-2015 11:01:04

Em meio à corrida presidencial para ocupar o mais alto cargo da Casa Branca, o pré-candidato republicano Donald Trump teve, novamente, seu nome envolvido em especulações no meio do futebol. Há cerca de duas semanas, o magnata tinha sido vinculado ao ex-clube de Juan Carlos Osorio, o Atlético Nacional e, na última sexta, teve seu nome ligado ao San Lorenzo, clube do qual o apresentador argentino e candidato à AFA Marcelo Tinelli é vice-presidente.

Frente à notícia implantada pelo jornal New York Post na última semana, que contextualizava a intenção do republicano em comprar as ações do San Lorenzo, clube do qual o Papa Francisco é torcedor, Trump foi obrigado a usar seu perfil na rede social para desmentir o boato, mas mesmo assim não escapou ao senso de humor ácido de Tinelli, que polemizou a situação ao ironizar o norte-americano.

“Há uma história falsa de que estou tentando comprar um time de futebol na Argentina e isso não é verdade. Nunca ouvi falar da equipe, não tenho nenhum interesse”, esclareceu Donald Trump por meio de sua conta no Twitter, em meio a avisos sobre a campanha, propagandas do partido e diálogos com eleitores.

https://twitter.com/realDonaldTrump/status/637318535476314112

Segundo o tabloide americano, que diz ter conferido informações com uma fonte próxima ao candidato, Trump e seu sócio para assuntos comerciais Alessandro Proto haveriam enviado uma carta ao San Lorenzo estipulando valores para a compra. A publicação reitera que, há cerca de duas semanas, o norte-americano teve sua oferta de US$ 100 milhões (R$ 358,5 mi) recusada pelos colombianos do Atlético Nacional. Porém, a informação não foi confirmada por meios oficiais.

Principal candidato a preencher o vazio deixado na AFA após a morte de Julio Grondona, antigo homem forte do futebol argentino, substituindo assim Luis Segura, Marcelo Tinelli parece não ter levado a sério os boatos sobre as intenções de Trump. Também na rede social, o líder de audiência na TV argentina brincou com o pré-candidato republicano. “Pobre Donald! Fico com o pato, que é mais sério”, escreveu, fazendo referência ao Pato Donald, personagem de animação de Walt Disney.

https://twitter.com/cuervotinelli/status/637273734596923392

Deixe seu comentário