Borja desperta interesse de clube mexicano e se anima com negociação

São Paulo , SP
21/12/2016 17:10:17

Em: Futebol, Futebol Internacional, Mercado da bola
(Foto: Raul Arboleda/AFP/Getty Images)
O colombiano Miguel Borja é especulado como reforço do Cruz Azul, do México (Foto: Raul Arboleda/AFP/Getty Images)

O atacante Miguel Borja entrou na mira dos mexicanos do Cruz Azul. Cobiçado por clubes da Europa, o artilheiro do Atlético Nacional-COL disse que ficaria feliz com uma transferência para a equipe latina. Ele exaltou o nível do campeonato mexicano e disse manter contato com amigos que atuam no país.

“Não sabia que o Cruz Azul tinha essa opção, mas, se acontecer, não hesitaria”, afirmou Borja, de 23 anos, ao jornal mexicano Récord.

A contratação de Borja chegou a ser cogitada no Palmeiras, mas o clube ouviu do Atlético Nacional que precisaria desembolsar cerca de R$ 70 milhões para comprá-lo. O preço do atacante inflacionou após as atuações na Copa Libertadores despertarem o interesse de equipes europeias.

A alta pedida deixou a contratação em segundo plano no Palmeiras. Já o Cruz Azul estaria traçando uma estratégia para arcar com o valor. Segundo a ESPN México, o clube planeja envolver o equatoriano Joffre Guerron para quitar parte do montante exigido.

Para Borja, a ida ao México seria interpretada como uma evolução em sua carreira. “A verdade é que no México há muitas equipes boas. É uma liga exigente, esperamos que Deus me dê a possibilidade de ir. Será preciso esperar a decisão dos presidentes nestes dias, mas escutei que há opções de ir ao México e seria muito bom”, afirmou.

Borja disse que procurou informações sobre o campeonato local com o amigo Wilson Morelo, que defende o Pachuca. “Ele me disse que sim, que a Liga é muito forte, que é muito rápido e que as partidas são muito difíceis. As equipes são muito complicadas, seria muito bom ir para lá”, reforçou.

Carrasco do São Paulo na Libertadores, Borja fez 19 gols em 21 jogos disputados pelo Atlético Nacional. Ele chegou ao Mundial de Clubes da Fifa como uma das grandes esperanças do clube colombiano, mas não balançou as redes na campanha que rendeu o terceiro lugar à equipe.