Brasileiro Série B

Arena Barueri | 13/10/2018

Futebol/Série B

Fortaleza para em atuação de gala de Tadeu e fica no empate com Oeste

São Paulo , SP
13/10/2018 18:25:36 — 13/10/2018 18:36:26

Em: Brasileiro Série B, Fortaleza, Futebol, Oeste

Não foi por falta de chances que o Fortaleza não conseguiu manter os seis pontos de diferença para o vice-líder Goiás na Série B do campeonato Brasileiro. Neste sábado, na Arena Barueri, os comandados de Rogério Ceni acumularam finalizações, mas pararam na grande atuação do goleiro Tadeu e não saíram do 0 a 0 com o Oeste pela 31ª rodada. Com o ponto conquistado, o líder chegou aos 57, enquanto o time do interior paulista está com 41.

Como era de se esperar pela situação de ambos os times na tabela de classificação, os primeiros 45 minutos em Barueri foram de domínio do Fortaleza, mas com poucas chances efetivas para abrir o placar. As melhores jogadas, aliás, foram com Éderson, que ora parou no goleiro Tadeu, ora acabou errando o alvo. Já o Oeste conseguiu apenas uma boa chance com Mazinho, mas o chute saiu em direção.

Se o primeiro tempo foi de domínio do líder da Série B, o segundo seguiu com o mesmo cenário. Após um início muito intenso do Oeste, o Fortaleza conseguiu tomar o domínio da partida para si. Mas como nos 45 minutos iniciais, Tadeu teve uma atuação de gala. Quando o arqueiro não conseguiu conter o ataque, Patrick apareceu para tirar a conclusão de Marcinho na linha do gol.

Agora, os dois times terão uma semana cheia para treinamentos e voltam a campo apenas no próximo sábado, pela 32ª rodada. O líder Fortaleza recebe o desesperado Paysandu no Castelão, enquanto o Oeste viaja até Florianópolis para medir forças com o Avaí na Ressacada.

Oeste e Fortaleza não saíram do 0 a 0 em Barueri (Foto: Jefferson Vieira / Oeste FC)

O JOGO

Líder absoluto, mas ciente da arrancada do Goiás, que diminuiu a distância para três pontos com o triunfo na última sexta-feira, o Fortaleza tomou a iniciativa mesmo atuando fora de casa e tentou construir suas principais jogadas pelo lado do campo, forçando o erro e tentando se impor sobre o meio-campo do Oeste. Porém, os comandados de Rogério Ceni encontraram dificuldades para transformarem a posse de bola em gols.

Aos 12 minutos, o Fortaleza conseguiu a primeira chance clara para abrir o placar, mas a ótima finalização de Éderson parou no goleiro Tadeu. Após tentativa de finalização, Felipe ficou com o próprio rebote e cruzou para o atacante do Leão, que emendou um lindo voleio, defendido pelo arqueiro do Oeste com muitas dificuldades.

Com dificuldades para sair jogando e sem poder de criação diante da forte marcação dos visitantes, o time do interior paulista passou a apostar nos lados do campo para tentar chegar à meta de Marcelo Boeck, principalmente pelo flanco direito. E foi assim que, aos 26 minutos, o dueto entre Conrado e Betinho terminou com uma finalização perigosa do camisa cinco, à direita do gol.

Na reta final da primeira etapa, o Fortaleza voltou a assustar em duas oportunidades consecutivas. Na primeira, aos 38, faltou perna para Éderson, que não alcançou o passe de Bruno Melo após ótima jogada construída pelo lado esquerdo. Na sequência, novamente o camisa 91 participou da jogada, mas desta vez errou a meta e manteve a igualdade no placar.

Se o primeiro tempo foi de início tímido das duas equipes, a segunda etapa teve como marcar a intensidade e as chances de gol desde o apito final. Logo aos dois minutos, Luquinhas, que entrou na vaga de Marcinho, quase abriu o placar para os mandantes com uma cabeçada. Depois, Mazinho aproveitou o erro da defesa adversária e saiu cara a cara com Marcelo Boeck, que cresceu na frente do jogador do Oeste e fez a defesa.

Depois de um início acuado com as boas chances do Oeste, o Fortaleza deu início a um verdadeiro bombardeio à meta de Tadeu. Primeiro, Marcinho fez tudo sozinho, driblou o goleiro, mas na hora da conclusão chutou em Patrick, que estava na linha do gol e evitou de forma providencial o que seria o primeiro tento. Depois, Éderson teve duas chances consecutivas, mas parou duas vezes no arqueiro do time da casa, com defesas espetaculares.

Quando o jogo se encaminhava para o final, Rogério Ceni lançou Gustavo, o Gustagol, para o campo, mas nem o artilheiro conseguiu tirar o zero do placar. Aliás, o atacante também parou em tadeu, que teve uma partida histórica com grandes defesas.

FICHA TÉCNICA
OESTE 0 X 0 FORTALEZA

Local: Arena Barueri, em Barueri, SP
Data: 13 de outubro de 2018, sábado
Horário: 16h30 (Brasília)
Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA)
Assistentes: Elicarlos Franco de Oliveira (BA) e Jucimar dos Santos Dias (BA)

Cartões amarelos: Bruno Lopes (Oeste), Joílson (Oeste), Gustavo (Fortaleza)

OESTE: Tadeu; Adriano Alves, Joilson, Patrick e Conrado; Marciel, Betinho, Mazinho; Marcinho (Luquinhas), Pedrinho (Raphael Luz) e Bruno Lopes (Lídio)
Técnico: Roberto Cavalo

FORTALEZA: Marcelo Boeck; Tinga, Diego Jussani, Ligger e Bruno Melo; Nenê Bonilha, Felipe, Dodô, Marlon (Romarinho); Marcinho e Éderson (Gustavo)
Técnico: Rogerio Ceni