Carille incentiva Kazim em disputa pela vaga de Jô: “Está tudo aberto”

São Paulo , SP
14/01/2018 08:59:36

Em: Corinthians, Escolha do editor, Futebol
Técnico do Corinthians aprovou as atuações de Kazim durante a estadia em Orlando (foto: divulgação/Florida Cup)

Enquanto o Corinthians ainda se esforça para encontrar no mercado um substituto para Jô, vendido ao japonês Nagoya Grampus, Kazim tenta provar que pode ser ele o centroavante titular da equipe paulista. Na derrota por 4 a 2 para o escocês Rangers, por exemplo, o inglês naturalizado turco atuou bem, marcou um gol e voltou a pedir uma sequência de jogos como titular.

“Todo jogador precisa de uma sequência, ainda mais o Kazim, pesando quase 100kg. Ele precisa de jogos. É experiente e passou por ótimas equipes da Europa. Tenho certeza de que, com ritmo, pode nos dar muito mais. Antes, pela excelente fase do Jô, não teve muito espaço”, incentivou o técnico Fábio Carille.

Kazim corre o risco de ficar sem espaço novamente em 2018. O Corinthians desejou fazer de Henrique Dourado, insatisfeito no Fluminense e artilheiro do último Campeonato Brasileiro ao lado próprio Jô, o seu novo centroavante titular. Esbarrou na intransigência do clube carioca, agora aberto a negociar, e passou a procurar outro reforço.

“Se o Corinthians contratar um camisa 9, ele vai ter que jogar e provar. É muito difícil ser justo como técnico. Às vezes, você traz alguém com um valor de aquisição alto e o cara não consegue dar resposta. Está tudo aberto”, avisou Carille.

O recado vale também para os atuais reservas do Corinthians – entre eles, o recém-chegado Júnior Dutra, o prata da casa Carlinhos, atuais concorrentes de Kazim. Carille espera mais de todos eles. Afinal, quando mudou toda a sua equipe diante do Rangers, viu uma vitória parcial dos seus titulares se transformar em goleada para os escoceses.

“É bom que o segundo time tenha esse entendimento para pressionar o primeiro”, comentou o comandante corintiano, prometendo ser paciente com quem, assim como Kazim em 2017, enfrentar maus momentos em 2018. “Podem ter certeza de que nunca vou desistir de jogadores”, afirmou Fábio Carille.