LNB emite nota oficial confirmando adiamento de jogo entre Fla e Vasco

São Paulo, SP

12-12-2016 22:56:15

A Liga Nacional de Basquete (LNB) divulgou um comunicado na noite desta segunda-feira confirmando o adiamento da partida entre Flamengo e Vasco, válida pelo primeiro turno do Novo Basquete Brasil (NBB). Inicialmente marcado para o dia 18 de dezembro, próximo domingo, o jogo teve que terá que ocorrer em outro dia por não haver mais tempo para viabilização de um local para o confronto. A nova data será decidida nos próximos dias.

A LNB e as duas equipes tentaram contato com três locais diferentes para a realização do duelo. O primeiro deles foi o Ginásio do Maracanãzinho. A entidade promoveu uma reunião com a Casa Civil do Governo do Estado do Rio de Janeiro e conversou com representantes da Odebrecht, que possui a concessão do Complexo, mas nenhuma das duas instituições se colocaram responsáveis pelo local, sendo impossibilitada a liberação do mesmo.

As outras duas opções foram a Arena Rio, que pediu um preço alto para a liberação do espaço, e o Ginásio da Tijuca, que já tem um evento marcado para a mesma data.

A LNB ainda alertou que não haveria tempo hábil para o GEPE (Grupo Especial de Policiamento em Estádios) disponibilizar seu laudo sobre a partida, que auxiliaria na prevenção de violência entre torcidas no dia do jogo. Este documento, que avaliará se o duelo poderá ter torcedores dos dois times, só será liberado na próxima quarta-feira.

Confira a nota oficial da Liga Nacional de Basquete:

A Liga Nacional de Basquete (LNB) comunica o adiamento do jogo entre o Vasco da Gama e Flamengo, válido pelo primeiro turno da temporada 2016/2017 do NBB CAIXA, marcado para o dia 18 de dezembro de 2016 (domingo).

A LNB, em conjunto com as equipes envolvidas, tem tentado resolver essa situação há tempos. Porém, os problemas encontrados mostraram-se, até aqui, de difícil solução. Embora haja ainda seis dias para a data do confronto, a LNB entende que não é possível trabalhar com esse tempo reduzido para poder se planejar para um evento desta importância.

Na tentativa de viabilizar o Ginásio do Maracanãzinho, a LNB e as duas equipes envolvidas se reuniram com a Casa Civil do Governo do Estado do Rio de Janeiro e, por telefone ainda, contatou o representante da Odebrecht, empresa que possui a concessão do Complexo. Após os contatos ficou evidenciado que nenhuma das duas instituições assume a responsabilidade pelo espaço e, por consequência, pela liberação do mesmo.

As demais alternativas de ginásios no Rio de Janeiro também se mostraram inviáveis para a realização da partida no domingo: a Arena Rio, em virtude do alto custo cobrado pela operadora, e o Ginásio do Tijuca, por já ter evento agendado para o dia.

Outra questão fundamental, as ações de prevenção à violência também trouxeram incertezas para a realização da partida na data específica. Dentre diversas medidas a LNB entende ser de vital importância a participação do GEPE (Grupo Especial de Policiamento em Estádios) no evento haja vista sua expertise e interesse no atendimento às demandas da LNB. No entanto, o laudo que será fornecido pelo GEPE, e que dirá se o clássico poderá ser disputado com uma ou duas torcidas, além das demais condições para o jogo, será repassado à LNB somente na quarta-feira (dia 14).

A LNB lamenta ter que enfrentar tantas dificuldades em uma cidade como o Rio de Janeiro, que é hoje o melhor lugar do Brasil para a realização de eventos esportivos. Nos próximos dias, será decidido quando e onde a partida Vasco da Gama e Flamengo será realizada.

Deixe seu comentário