Figo defende Neymar e fala sobre passado no Barça e no Real

São Paulo, SP

04-11-2016 12:42:38

Aniversariante desta sexta-feira, Luís Figo, que foi ídolo com a camisa dos dois maiores rivais espanhóis, falou sobre a atualidade dos dois clubes – Barcelona e Real Madrid. Assim como outros jogadores, o ex-meio-campista defendeu Neymar das críticas a respeito de seu futebol.

“O que Neymar faz é jogar futebol, é o seu jeito de jogar. Aos incomodados, é problema deles”, afirmou o português, que hoje completa 44 anos, ao canal COPE. “O trio MSN é fantástico, os três são jogadores impressionantes. Eu gosto muito de ver o bom futebol e os bons jogadores”, completou, analisando o tridente que compõe o ataque azul e grená.


Figo se aposentou em 2009, após jogar quatro temporadas pela Internazionale. O meia já não desfrutava de seu melhor momento e, em 26 atuações, marcou um gol. A época mais polêmica de sua carreira, porém, foi na virada do século: depois de vestir a camisa do Barça por cinco temporadas (de 1995 a 2000), se transferiu para o Real Madrid, maior rival do clube catalão, onde atuou por outras cinco temporadas (de 2000 a 2005). Apesar de ter gerado frustração entre os torcedores blaugranas, o português garantiu que não tem arrependimentos e que pensa sempre no futuro.

“Sempre me lembram disso. Foi um acontecimento importante na história do futebol espanhol, mas não penso no passado. Não penso no que fiz, acredito que acertei nas decisões que tomei e ponto final”, admitiu. “Tinha gente que eu considerava meus amigos, mas deixaram de ser depois da minha contratação, porque ‘não pegava bem’ ser amigo de Luís Figo”, completou o ex-jogador. Apesar de ser mal visto pela torcida catalã, Figo garantiu não ter problemas quanto a isso. “Se tiver que ir a Barcelona, vou, sem problemas. Não deixo de fazer nada pensando nos demais”.

Por último, o português revelou apoio às decisões do técnico merengue, Zinedine Zidane, e elogiou o trio ofensivo de seu ex-clube. “Eu também colocaria o BBC sempre. Se os três estão bem, têm que jogar”, finalizou.

Deixe seu comentário