CR7 volta a passar em branco, mas Juve vence Parma no Italiano

São Paulo , SP
01/09/2018 17:23:31

Em: Futebol, Futebol Internacional, Futebol Italiano, Juventus

Neste sábado, a Juventus não teve boa atuação, mas fez o suficiente para sair com vitória diante do Parma e manter os 100% de aproveitamento no Campeonato Italiano. Em jogo válido pela terceira rodada da Serie A, os atuais heptacampeões nacionais tiveram dificuldades no Estádio Ennio Tardini, alcançaram o triunfo pelo placar de 2 a 1. Mandzukic e Matuidi fizeram os gols, enquanto Gervinho descontou.

Com o resultado, a Juve chegou à terceira vitória em três jogos pelo Italiano 2018/2019 e segue líder da competição, com nove pontos ganhos. Na próxima rodada, os bianconeros encaram o Sassuolo, já de volta a Turim. Os Ducati, por outro lado, seguem sem vencer no campeonato, acumulando duas derrotas e um empate até o momento, com somente um ponto ganho. O próximo desafio é contra a Internazionale, em Milão.

Cristiano teve atuação apagada neste sábado (Foto: Marco BERTORELLO/AFP)

Juve sai na frente, mas joga mal e permite o empate

O árbitro mal havia apitado e a Juve já deu seu cartão de visitas. Aos dois minutos de jogo, Cuadrado levantou na área, Mandzukic ganhou pelo alto e acabou ficando com a bola limpa na pequena área. O croata só teve o trabalho de tirar do goleiro e abrir o placar no Ennio Tardini.

O Parma tentou responder, mas só conseguiu levar real perigo ao gol de Szczesny aos 14 minutos. Em cobrança de falta frontal, Stulac soltou o pé e mandou uma pancada no meio do gol. Szczesny chegou a tocar na bola, que explodiu no travessão logo em seguida.

Aos 26, Cristiano Ronaldo por pouco não marcou seu primeiro gol oficial com a camisa bianconera. Em cobrança de escanteio de Bernardeschi, o português apareceu livre de marcação e cabeceou no cantinho. Tirando tinta da trave, a bola não entrou por questão de centímetros.

Mesmo perdendo, o Parma seguiu vivo no jogo e conseguiu chegar ao empate aos 32. Pela esquerda, Gobbi levantou, Inglese desviou e, matando Szczesny, acabou servindo Gervinho, que só empurrou para dentro e correu para o abraço.

A virada só não veio antes do intervalo porque Rigoni desperdiçou chance claríssima de ampliar para os donos da casa. Gervinho fez ótima jogada pela esquerda e serviu o lateral direito, que chutou em cima do arqueiro da Juve e confirmou o empate nos primeiros 45 minutos.

Gervinho comemora empate no fim do primeiro tempo (Foto: Marco BERTORELLO/AFP)

Matuidi decide e dá a vitória aos visitantes

A Juve voltou melhor para o segundo tempo, adiantando a marcação e esboçando uma pressão no campo de ataque. A primeira boa chance foi aos nove minutos, novamente com CR7. Dentro da área, Bernardeschi foi travado e a bola sobrou para o gajo, que viu seu chute raspar a trave do Parma.

A intensidade inicial surtiu efeito e a Velha Senhora chegou ao segundo gol pouco depois. Com 12 rodados, Alex Sandro levou pela esquerda e acionou Mandzukic dentro da área. De costas para o gol, o croata deu belo toque de letra para Matuidi, que ajeitou e bateu firme, no alto, para colocar o time de Massimiliano Allegri à frente.

O Parma já não mostrava mais a mesma força do primeiro período e viu o time visitante dominar as ações da partida. O terceiro gol por pouco não saiu, aos 27, quando Douglas Costa pegou a sobra na entrada da área, limpou para a canhota e carimbou a trave direita.

A Juve não teve a vitória ameaçada em nenhum momento e, mesmo sem um desempenho brilhante, administrou o resultado até o apito final.

Matuidi salvou a Juve na etapa final (Foto: Andreas SOLARO/AFP)