Futebol Inglês

Com caras novas e transações recordes, futebol inglês inicia temporada europeia

São Paulo , SP
10/08/2018 08:00:52 — 11/08/2018 10:33:34

Em: Arsenal, Chelsea, Futebol Inglês, Futebol Internacional, Liverpool, Manchester City, Manchester United, Notícias
City tenta manter a hegemonia da temporada passada (Foto: Paul Ellis/AFP)

Na última temporada da Premier League, o Manchester City quebrou recordes e dominou os adversários sob o comando de Pep Guardiola, para se sagrar campeão com confortáveis 19 pontos de vantagem em relação ao segundo colocado. Apesar da disparidade, o Campeonato Inglês é o nacional europeu que começa com mais times com chances reais de disputa pelo título. Movimentando milhões de libras, o rico futebol inglês se reforçou ainda mais para a temporada 2018/19 e, a partir desta sexta-feira (10), está de volta aos campos com o jogo inaugural entre Manchester United e Leicester.

Com pelo menos seis clubes largando em busca da briga pelo campeonato, ainda há espaços, na Premier League, para os times que correm por fora. Há apenas dois anos, a zebra Leicester foi campeã nacional, desbancando os elencos galáticos dos favoritos. Para a temporada que está prestes a começar, os times continuam investindo em planteis milionários e transações históricas e até mesmo os clubes menos tradicionais não economizaram nas novidades para o elenco.

Quem também ganha reforço é a comunidade brasileira no futebol da terra da Rainha, que bate o recorde de presença de jogadores, com 20 representantes. As contratações dos clubes ingleses mostram como os atletas do Brasil são bem valorizados, com quase 300 milhões de libras (cerca de R$1.458.000) desembolsados em transferências de brasileiros. Além dos grandes clubes, Everton e West Ham não pouparam para ter Richarlison e Felipe Anderson, respectivamente. Anderson, inclusive, foi a contratação mais cara da história do time, custando 38 milhões de libras.

Desde que virou Premier League, em 1992, o Manchester United é dominante no futebol inglês, com 12 títulos, conseguindo assim se isolar como maior campeão do torneio, com 20 taças ao todo. Com um jejum de 28 anos, o Liverpool vem em segundo com 18 títulos. No entanto, em um histórico recente, três clubes se destacam conquistando o campeonato três vezes nos últimos dez anos: United, Chelsea – seis taças ao todo – e City – cinco taças.

Time a ser batido da última edição da Premier League, o City de Guardiola, naturalmente, entra como grande favorito pela campanha que fez, onde somou inéditos 100 pontos com apenas duas derrotas em 38 jogos. Com um elenco recheado de jogadores que atuam em suas respectivas seleções, os Citizens não perderam nenhuma peça do time titular e contrataram o meia Riyad Mahrez, desejo antigo do clube e meio-campo campeão inglês com o Leicester.

O último vice-campeão inglês, Manchester United também não explorou muito o mercado e trouxe para José Mourinho o brasileiro Fred, por 50 milhões de libras (cerca de R$242 milhões). Já o Chelsea, investiu mais na janela de transferências e, além de novos nomes para o time titular, trocou também de treinador. Saiu Antonio Conte e veio seu compatriota Mauricio Sarri, do Napoli. Junto com o novo comandante, o brasileiro, naturalizado italiano, Jorginho, também saiu do clube napolitano para ser o novo camisa 5 dos Blues. Para compor o meio campo com ele, Kanté, Fábregas e Hazard, também chega o vice-campeão da Copa do Mundo, Mateo Kovacic. O croata foi envolvido em uma negociação com o Real Madrid e chega a Londres através de um empréstimo. Para o clube merengue, o Chelsea vendeu Courtois, sonho antigo dos madridistas. O substituto do belga, Kepa, sai do Athletic Bilbao como o goleiro mais caro da história, ao custar 80 milhões de libras (cerca de R$345 milhões).

Outro time que não teve problemas em abrir os cofres, foi o Liverpool. Jurgen Klopp conseguiu levar o clube à final da Liga dos Campeões na última temporada e, para a que vai começar, contará com bons reforços pontuais para seu time tentar quebrar o maior jejum entre os grandes clubes ingleses na Premier League. Titular da Seleção Brasileira, Alisson saiu da Roma por 75 milhões de libras e foi o goleiro mais caro da história por algumas semanas. O volante Fabinho é mais um atleta do Brasil que chega ao time, vindo do Monaco, por 45 milhões de libras. Além deles, Keitá, do Leipzig foi comprado por 60 milhões de libras e Shaqiri, do Stoke, por 14 milhões, se juntam ao elenco de Klopp.

Começando uma nova era, após Arsene Wenger, o Arsenal conta com Unai Emery no comando. Sem conquistar o título inglês há 15 anos, os Gunners investiram mais que o de costume para a temporada. Foram 89 milhões de libras investidos para trazer o meia Lucas Torreiro, da Sampdoria, o goleiro Bernd Leno, do Bayer Leverkusen, o zagueiro Sokratis, do Borussia Dortmund, o jovem meia Matteo Guendouzi, do Lorient e Lichsteiner, lateral direito da Juventus.

Os novos nomes do campeonato procuram espaço para se destacar diante de um vasto número de jogadores do mais alto nível do futebol mundial. Com poucas saídas significativas, a Inglaterra ainda concentra atletas de seleções e tem quatro concorrentes para o melhor jogador do mundo pela Fifa em seu campeonato nacional. Kevin De Bruyne, Harry Kane, Mohamed Salah e Eden Hazar puxam a fila de craques que se apresentam na terra da Rainha.

Para completar, além dos favoritos, o futebol inglês teve grandes investimentos de times que costumam brigar pelo meio da tabela. Fulham, Everton, West Ham podem deixar o campeonato ainda mais animado, com boas contratações que podem elevar o nível dos times. Prestes a começar, a Premier League não costuma decepcionar e tem tudo para continuar sendo um dos campeonatos mais disputados do mundo, recheado de brasileiros e clubes competitivos.

Confira os jogos da primeira rodada da Premier League:

Sexta
16h Manchester United x Leicester

Sábado
08h30 Newcastle x Tottenham
11h Bournemouth x Cardiff
11h Fulham x Crystal Palace
11h Huddersfield x Chelsea
11h Watford x Brighton
13h30 Wolves x Everton

Domingo
09h30 Liverpool x West Ham
09h30 Southampton x Burnley
12h Arsenal x Manchester City