Gazeta Esportiva

Santos toma três na Vila, e América-MG será rival do Palmeiras na final da Copinha

São Paulo, SP

22/01/23 | 22:59 - 22/01/23 | 23:20

O Santos entrou em campo neste domingo para buscar uma vaga na final da Copa São Paulo, mas acabou derrotado pelo América-MG e deu adeus à competição. Na Vila Belmiro, os visitantes foram superiores e venceram por 3 a 0, com um hat-trick de Luan Campos. Assim, os mineiros enfrentarão o Palmeiras na decisão do torneio.

O Peixe vinha de uma vitória apertada sobre o Fortaleza na última fase, com um gol marcado nos acréscimos. Antes disso, passou por Água Santa, Bahia e São Bernardo. Na fase de grupos, ficou em segundo, com seis pontos. A derrota contra o América-MG impediu o Santos de reeditar a final da Copinha contra o Palmeiras. No ano passado, a equipe encarou o Verdão na decisão e acabou goleada por 4 a 0.

Já o América-MG enfrentará o Palmeiras na final da Copa São Paulo para tentar impedir o bicampeonato consecutivo dos adversários. O time mineiro também busca seu segundo título da Copinha. A decisão tem início previsto para as 15h30 (de Brasília) de quarta-feira, com local ainda a ser definido pela Federação Paulista de Futebol (FPF).

Luan Campos brilha pelo América-MG

O América-MG dominou a posse nos primeiros momentos da partida, e a pressão se converteu em gol aos 13 minutos, quando a equipe foi parada com uma falta na entrada da área. Na cobrança, Luan Campos bateu por cima da barreira e marcou um golaço.

Nas vezes em que chegou com perigo ao gol do América-MG, os santistas pararam em Cássio, que fez diversas grandes defesas. Ivonei, capitão do time alvinegro, passou perto de marcar duas vezes, mas viu o goleiro voar na bola em ambas.


O segundo gol do América-MG saiu aos 43 minutos do primeiro tempo. Após cobrança de escanteio para o Santos, os defensores, desatentos, esqueceram de Luan Campos, que disparou em direção ao gol e recebeu um lançamento. No contra-ataque, livre de marcação, o atacante carregou até a entrada da área e tocou rasteiro, na saída de Edu.

No retorno do intervalo, o Santos passou a oferecer mais perigo. Ainda assim, foi vazado novamente aos 11 minutos da etapa complementar. Inspirado, Luan Campos partiu para cima da defesa adversária e limpou a jogada para bater cruzado.

Deixe seu comentário