Copa do Mundo

Estádio de Níjni Novgorod | 27/06/2018

Futebol/Copa do Mundo

Suíça precisa de empate contra a eliminada Costa Rica para avançar

Gazeta Press - Rio de Janeiro , RJ
27/06/2018 08:17:19 — 27/06/2018 08:20:50

Em: Copa do Mundo, Costa Rica, Futebol, Futebol Internacional, Suíça

A Suíça encara a Costa Rica nesta quarta-feira, às 15 horas (de Brasília), no Estádio de Níjni Novgorod, em Nizhegorodskaya, na Rússia, em confronto válido pela última rodada do Grupo E da Copa do Mundo. Os suíços dividem a liderança com a Seleção Brasileira, ambas com quatro pontos, sendo que os canarinhos lideram por terem melhor saldo de gols. O Brasil joga no mesmo horário, na capital Moscou, com a Sérvia, também na briga com três pontos. Os costarriquenhos, na lanterna sem terem pontuado, estão eliminados e apenas cumprem tabela.

Para se classificar a Suíça depende de um simples empate. Caso perca, precisa que o Brasil derrote a Sérvia.

Embalados pelo triunfo de 2 a 1 sobre a Sérvia, os suíços descartaram jogar pela vantagem do empate.

O craque Xherdan Shaqiri não foi punido com suspensão pela comemoração na última partida (Foto: Attila Kisbenedek/AFP)

“Não podemos pensar em jogar pelo empate, ainda mais diante de um adversário que é um franco atirador e que joga sem nenhuma responsabilidade. Portanto, vamos precisar pensar em uma decisão onde a busca pela vitória se torna fundamental, por´pem, sem deixar de lado o regulamento, ou seja, pressionar o tempo todo, mas com a responsabilidade de que não está desesperado”, disse Vladimir Petkovic, treinador da Suíça.

A Suíça conta para este jogo com força máxima, já que o lateral-direito Stephan Lichtsteiner e os meias Granit Xhaka e Xherdan Shaqiri, que foram julgados por terem comemorado com gestos políticos o triunfo diante da Sérvia, acabaram apenas multados e não suspensos.

Pelo lado da Costa Rica, o clima é o pior possível. O técnico Óscar Ramírez vem sendo muito criticado pela imprensa e ameaçado em redes sociais por torcedores, o que fez alguns jogadores saírem publicamente em defesa da família do treinador, que vem sendo ameaçado.

O treinador tem evitado o contato com a imprensa, mas disse querer fazer a Costa Rica se despedir de maneira digna.

A Costa Rica, do goleiro Keylor Navas, já está eliminada da Copa do Mundo (Foto: Gabriel Bouys/AFP)

“Lutamos muito pela vitória nos dois jogos. Contra o Brasil, na derrota passada (2 a 0), levamos os gols no fim do jogo e poderíamos ter vencido. Portanto, temos que encerrar de forma digna a nossa competição. É preciso mostrar que a nossa eliminação precoce se deu por conta de algumas situações normais que fazem parte do mundo do futebol, um jogo onde nem sempre se ganha”, explicou Ramírez.

O treinador da Costa Rica não antecipou a escalação que pretende mandar a campo, mas pode fazer algumas mudanças para dar oportunidade a atletas que não foram utilizados ao longo da competição.

Pelo regulamento da Copa do Mundo, as seleções se enfrentam dentro de seus respectivos grupos em turno único. Ao fim, as duas melhores colocadas avançam para as oitavas de final, enquanto que as demais voltam para casa.

Créditos: Maria-Cecilia Rezende/AFP

FICHA TÉCNICA
SUÍÇA X COSTA RICA

Local: Estádio de Níjni Novgorod, em Nizhegorodskaya (Rússia)
Data: 27 de junho de 2018 (Quarta-feira)
Horário: 15h(de Brasília)
Árbitro: Clement Turpin (França)
Assistentes: Nicolas Danos (França) e Cyril Gringore (França)

SUÍÇA: Yann Sommer; Stephan Lichtsteiner, Fabian Schär, Manuel Akanji e Ricardo Rodríguez; Valon Behrami, Granit Xhaka, Xherdan Shaqiri, Blerim Dzemaili e Steven Zuber; Mario Gavranovic (Haris Seferovic)
Técnico: Vladimir Petkovic

COSTA RICA: Keylor Navas; Cristian Gamboa, Johnny Acosta, Giancarlo González, Óscar Duarte e Bryan Oviedo; Celso Borges, David Guzmán, Johan Venegas e Bryan Ruiz; Marco Ureña
Técnico: Óscar Ramírez

Ads – Rodapé Posts