Copa do Mundo

Salah vê lesão como pior momento da carreira e ironiza Sergio Ramos

São Paulo, SP

09-06-2018 12:34:24

Mohamed Salah finalmente se manifestou em relação ao lance que o tirou da final da Liga dos Campeões, entre Liverpool e Real Madrid, ainda no primeiro tempo. Em entrevista ao jornal espanhol Marca, o egípcio comentou a respeito do ocorrido, ironizando a fala de Sergio Ramos, com quem se enroscou antes de cair ao chão e machucar o ombro. Momento este que o atacante não hesita em apontar como o pior de sua carreira, admitindo o medo de ficar de fora da Copa do Mundo da Rússia.

"Quando eu caí no gramado, foi uma mistura de dor e preocupação, muita preocupação. Também raiva e tristeza por não poder continuar jogando a final da Champions League. Depois, também pensei sobre a possibilidade de perder a Copa, isso foi um sentimento devastador", afirmou o jogador do Liverpool, que deve estar à disposição do Egito para a disputa do Mundial.


Questionado se o lance com Sergio Ramos teria sido algo normal, de jogo, Salah respondeu: "Quem sabe?". Ele também considerou "engraçada" a fala do espanhol, que disse ter sido puxado pelo egípcio antes da queda e apontou que a lesão não foi no braço que havia segurado na jogada. O zagueiro merengue ainda falou que, se tivesse feito uma infiltração, o atacante poderia ter continuado em campo no segundo tempo.

"É bom quando quem te fez primeiro chorar, depois te faz rir. Talvez ele também possa me dizer se vou estar pronto para a Copa do Mundo?", ironizou. "Ele me mandou uma mensagem, mas nunca lhe disse que estava bem", completou.

O "Faraó", por fim, falou a respeito das perspectivas do Egito para a Copa do Mundo. O atacante tem esperanças, mas ainda não tem certeza se estará apto a atuar já na partida de estreia de sua seleção, contra o Uruguai, no dia 15 de junho.

"É a primeira vez em 28 anos que nos classificamos para uma Copa. Não é algo normal, já que ganhamos a Copa da África sete vezes e fomos campeões em 2006, 2008 e 2010. Ganhávamos a Copa da África, mas não nos classificávamos para a Copa do Mundo. Tínhamos esta obrigação e foi muito especial", afirmou o camisa 10 da seleção egípcia.

Segundo Salah, o maior objetivo do Egito no Mundial da Rússia é buscar a classificação para o mata-mata do torneio. Para que isto aconteça, a seleção terá de alcançar um dos dois melhores desempenhos do Grupo A, que conta, além do Uruguai, com a anfitriã Rússia e a Arábia Saudita.

 

 

Deixe seu comentário