Copa do Brasil

Beira-Rio | 23/05/2019

Futebol/Copa do Brasil

Inter quer abrir vantagem no jogo de ida diante do Paysandu

Do correspondente Cesar Esteves - Porto Alegre , RS
23/05/2019 08:23:37

Em: Copa do Brasil, Futebol, Internacional, Paysandu
Guerrero será o comandante do ataque do Internacional (Foto: Ricardo Duarte/Site do Inter)

Embalado no Campeonato Brasileiro, o Internacional recebe nesta quinta o Paysandu, às 20h (de Brasília), no Estádio Beira-Rio, pela primeira partida das oitavas de final da Copa do Brasil. O Colorado irá em busca do bicampeonato da competição, a qual conquistou uma única vez, em 1992.

O técnico Odair Hellmann não terá o zagueiro Rodrigo Moledo e o volante Rodrigo Dourado, que estão lesionados. Em seus lugares entram Emerson Santos e Rodrigo Lindoso. D’Alessandro e Nonato seguem no setor de armação do meio-campo.

Nico López e Paolo Guerrero ficam com a responsabilidade de marcar os gols no setor ofensivo. Fora de campo, os dirigentes colorados projetam a presença de mais de 30 mil torcedores.

Paysandu quer surpreender o Inter no Beira-Rio (Foto: Site do Paysandu)

Enquanto isso, o Paysandu vem a Porto Alegre com o objetivo de surpreender os vermelhos. O técnico Léo Condé terá três desfalques para o confronto do meio da semana.

Como já disputaram a Copa do Brasil por outras equipes, o lateral-direito Tony, o volante Wellington Reis e o atacante Jheimy ficam de fora do duelo. As suas vagas devem ser ocupadas por Bruno Oliveira, Jhony Douglas e Vinícius Leite. Como no ano passado, o torneio não tem mais o saldo qualificado que era usado como critério de desempate.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL X PAYSANDU

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre-RS
Data: 23 de maio (quinta-feira)
Horário: 20h (de Brasília)
Árbitro: Vinícius Gonçalves Dias Araújo (SP)
Assistentes: Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP)
VAR: José Cláudio Rocha (SP) auxiliado por Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP) e Fabrício Porfirio de Moura (SP)

Internacional: Marcelo Lomba, Zeca, Emerson Santos, Victor Cuesta e Iago, Rodrigo Lindoso, Edenílson, Nonato e D’Alessandro, Nico López e Paolo Guerrero.
Técnico: Odair Hellmann

Paysandu: Mota; Bruno Oliveira, Micael, Victor Oliveira e Bruno Collaço; Jhony Douglas, Willyam e Tiago Primão; Diego Rosa, Vinícius Leite e Nicolas.
Técnico: Léo Condé