Brasileiro Série B

Brinco de Ouro da Princesa | 26/05/2018

Futebol/Brasileiro Série B

Guarani vence, mantém bom desempenho em casa e afunda o CRB

São Paulo , SP
26/05/2018 22:50:33 — 26/05/2018 22:58:02

Em: Brasileiro Série B, CRB, Guarani, Notícias

O Guarani segue com um bom aproveitamento no Campeonato Brasileiro da Série B quando joga no Brinco de Ouro da Princesa. Neste sábado, o clube campineiro recebeu o CRB pela sétima rodada da competição e ganhou por 2 a 0, com gols de Ricardinho e Rondinelly.

O triunfo faz com que a equipe de Umberto Louzer chegue a sua terceira vitória em quatro jogos como mandante na competição, mantendo o bom desempenho deste ano em Campinas. O Alvirrubro, por sua vez, sofre a quinta derrota em sete partida da Série B.

Com o resultado, o Bugre chega aos 10 pontos e assume provisoriamente a 10ª colocação. Já o CRB estaciona nos seis pontos e, com a vitória do Brasil de Pelotas diante do Londrina, entra na zona de rebaixamento.

Na rodada seguinte, o Guarani vai ao Rio Grande do Sul enfrentar o Juventude no Estádio Alfredo Jaconi às 19h15 (de Brasília) desta sexta-feira, dia primeiro de junho. Já o Alvirrubro volta a jogar em casa no próximo sábado, quando enfrenta o Brasil de Pelotas no Estádio Rei Pelé às 16h30 (de Brasília).

O Guarani derrotou o CRB (Foto: Letícia Martins/Guarani Press)

O Jogo

Mesmo jogando fora de seus domínios, o CRB começou a partida adiantando a linha de marcação e pressionando o adversário. O Guarani, por sua vez, esperava o oponente em seu campo e buscava valorizar a posse de bola quando a tinha, mas a pouca eficiência nos passes dificultava a estratégia e irritava a torcida, que com menos de 20 minutos já demonstrava insatisfação.

Sem efetividade nas infiltrações, as equipes arriscavam chutes de longe. Pelos mandantes, Rondinelly arrematou para defesa de João Carlos, enquanto Flávio Boaventura tentou para o Alvirrubro, mas mandou para fora.

Na reta final do primeiro tempo, o Bugre cresceu de produção e começou ocupar por mais tempo o campo de ataque. Aos 39, após dividida, a bola sobrou no alto para Ricardinho dominar e arrematar bonito de muito longe, estufando as redes do goleiro João Carlos.

Mesmo com a vantagem, o Guarani voltou do intervalo atuando melhor do que na primeira etapa. Logo aos dois minutos, Guilherme desarmou o adversário, avançou e carimbou o poste do CRB. No rebote, Longuine rolou para o meio-campista, que arrematou de novo, obrigando o arqueiro a fazer boa defesa.

Aos 9, Guilherme teve outra boa chance. Anselmo Ramon deixou seu habitat natural, a área, e deu ótima enfiada de bola para o camisa 11 chutar e parar novamente no goleiro. O troco do Alvirrubro veio na sequência, quando Diego finalizou de fora da área e forçou Bruno Brígido a praticar boa intervenção.

O ímpeto ofensivo dos campineiros resultou em um pênalti. Após cruzamento de Anselmo Ramon, Rafael Longuine foi empurrado dentro da área e o árbitro assinalou a falta. Na cobrança, Rondinelly bateu forte e João Carlos até pulou no canto certo, mas não conseguiu defender.

Precisando do resultado, o Alvirrubro se lançou ao ataque, mas não conseguia criar jogadas de perigo. Os mandantes, por sua vez, se retraíram na defesa e buscavam sair em contra-ataques. Aos 22, o autor do segundo gol rolou para Ricardinho, que chutou rasteiro para fora.

Na reta final, os visitantes melhoraram na partida e começaram a oferecer perigo. Aos 33, Neto Baiano subiu mais alto que Philipe Maia após cruzamento e cabeceou rente a trave. Essa foi a última chegada de perigo de ambos os times na partida. Porém, antes do juiz apitar o fim da vitória do Guarani por 2 a 0, o zagueiro Flávio Boaventura recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso.

FICHA TÉCNICA
GUARANI 2X0 CRB

Local: Estádio Brinco de Ouro da Princesa, Campinas (SP)
Data: Sábado, 26 de maio de 2018
Horário: 21h (de Brasília)
Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira (MG)
Assistentes: Marcio Eustáquio Sousa Santiago (MG) e Celso Luiz da Silva (MG)
Cartões amarelos: Willians Santana, Anderson Conceição, Diego e Flávio Boaventura, duas vezes (CRB)
Cartão vermelho: Flávio Boaventura (CRB)
Gols:
GUARANI: Ricardinho aos 39 minutos da 1ºT e Rondinelly aos 18 minutos da 2ºT.
CRB:

GUARANI: Bruno Brígido; Lenon, Philipe Maia, Edson Silva e Pará (Marcílio); Baraka e Ricardinho; Guilherme (Erik), Rondinelly e Rafael Longuine (Kauê); Anselmo Ramon
Técnico: Umberto Louzer

CRB: João Carlos; Diogo Mateus, Flávio Boaventura, Anderson Conceição, Diego; Feijão, Tinga, Edson Ratinho (Alípio), Diego Rosa (Mazola), Willians Santana (Leilson); Neto Baiano.
Técnico: Júnior Rocha