Brasileiro Série B

Bento de Freitas | 26/05/2018

Futebol/Campeonato Brasileiro Série B

Brasil de Pelotas derrota o Londrina e deixa a zona de rebaixamento

São Paulo , SP
26/05/2018 18:30:36 — 26/05/2018 18:52:06

Em: Brasil de Pelotas, Brasileiro Série B, Londrina, Notícias

O Brasil de Pelotas deixou a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro da Série B. Jogando em seus domínios, no Bento de Freitas, pela sétima rodada da competição, a equipe comandada pelo ex-goleiro Clemer não teve dificuldades para derrotar o Londrina por 3 a 0.

Após um primeiro tempo morno, o clube gaúcho voltou melhor do intervalo e abriu o placar logo no início com o lateral Éder Sciola. Na sequência, Diego Lorenzi, do Londrina, foi expulso. Com um a mais, os mandantes dominaram a partida e o placar de 3 a 0 veio naturalmente. Sciola, mais uma vez, e Lourency completaram o marcador.

Com o resultado, o Brasil de Pelotas chegou aos 8 pontos e assumiu provisoriamente a 11ª colocação, saindo da zona de rebaixamento. O Tubarão, por sua vez, tem os mesmos 8 pontos, mas fica na 12ª posição por causa do saldo de gols do adversário, que é superior.

Na rodada seguinte, o Xavante vai a Alagoas enfrentar o CRB no Estádio Rei Pelé, às 16h30 (de Brasília) do próximo sábado, dia 2 de junho. Já o Londrina volta a jogar em casa nesta terça-feira, quando enfrenta o Coritiba no Estádio do Café às 21h30 (de Brasília).

O Brasil de Pelotas venceu o Londrina e deixou a zona de rebaixamento (Foto: Jonathan Silva/Brasil)

O Jogo

O jogo começou com ambas as equipes tendo dificuldades para trocar passes. Porém, o Londrina era quem conseguia ao menos criar jogadas, mesmo que através de erros do adversário. Aos 11 minutos, Felipe Marques cobrou escanteio, a bola pegou curva em direção ao gol e Marcelo Pitol teve que espalmar.

Depois de oito minutos, o goleiro dos mandantes teve que sair da meta para cortar lançamento, no entanto, a sobra ficou com Felipe Marques, que dominou, avançou e bateu cruzado para fora. O troco do Xavante veio na sequência, quando Itaqui recebeu na intermediária e chutou forte, forçando Vagner a fazer sua primeira defesa.

Na reta final da primeira etapa, o Brasil de Pelotas colocou a bola no chão e conseguiu rondar a área adversária, mas era pouco eficiente no último passe. A primeira chance real de gol no jogo veio aos 45 minutos. Lourency recebeu ponta na ponta esquerda, puxou para dentro e bateu forte, acertando o travessão.

Insatisfeito com a postura de sua equipe nos instantes finais da primeira etapa, Marquinhos Santos, treinador do Londrina, desfez o esquema com três zagueiros ao tirar Silvio e colocar o meio-campista Dudu. No entanto, o time não teve nem tempo de se arrumar em campo e tomou o gol. Após cruzamento de Itaqui, Lourency desviou na primeira trave e Éder Sciola apenas empurrou para o gol.

Se a situação do Londrina já estava ruim, piorou aos 14 minutos, quando Diego Lorenzi deu entrada dura em Toty e foi expulso. Com um a mais, o Brasil não demorou a ampliar o marcador. Em cruzamento na área, a sobra ficou para Calyson chutar, Vagner fez a defesa e no rebote Lourency arrematou forte, estufando as redes.

Mesmo com a boa vantagem, o Rubro-Negro não baixou o ritmo e marcou novamente aos 28. Kaio fez grande jogada pela ponta direita, tocou para Lucas Costa, que rolou para Éder Sciola finalizar e coroar uma ótima atuação ao fazer seu segundo tento na partida.

Na reta final, o Brasil de Pelotas baixou o ritmo e apenas administrou a vitória por 3 a 0 até o apito final do árbitro.

FICHA TÉCNICA
BRASIL DE PELOTAS 3×0 LONDRINA

Local: Estádio Bento Freitas, no Rio Grande do Sul (RS)
Data: 26 de maio de 2018, sábado
Horário: 16h30 (Brasília)
Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ)
Assistentes: João Luiz Coelho de Albuquerque e Wendel de Paiva Gouveia (RJ)
Cartões amarelos: Bruno Collaço, Leandro Camiro e Itaqui (Brasil de Pelotas). Diego Lorenzi, duas vezes (Londrina)
Cartão vermelho: Diego Lorenzi (Londrina)
Gols:
BRASIL DE PELOTAS:
Éder Sciola aos 7 e aos 28 minutos do 2ºT e Lourency aos 20 minutos do 2ºT.

BRASIL DE PELOTAS: Marcelo Pitol; Éder Sciola, Leandro Camilo, Rafael Dumas e Bruno Collaço (Artur); Leandro Leite, Itaqui (Zé Augusto) e Toty; Lourency, Calyson (Kaio) e Luiz Eduardo
Técnico: Clemer

LONDRINA: Vagner; Lucas Costa, Leandro Almeida e Silvio (Dudu); Reginaldo, Moisés, Lorenzi, Wesley (Dirceu) e Roberto; Felipe Marques e Keirrison (Jardel)
Técnico: Marquinhos Santos