Brasileiro Série B

Brinco de Ouro da Princesa | 29/06/2018

Guarani vacila e cede empate ao lanterna Boa Esporte em Campinas

São Paulo , SP
29/06/2018 23:24:10 — 29/06/2018 23:28:56

Em: Boa Esporte, Brasileiro Série B, Futebol, Guarani

O Guarani vacilou diante do time de pior campanha da Série B do Campeonato Brasileiro. Mesmo atuando no Brinco de Ouro da Princesa, na noite desta sexta-feira, o Bugre deixou escapar a vitória e cedeu o empate por 1 a 1 ao Boa Esporte aos 41 minutos do segundo tempo.

O resultado levou o Guarani aos 17 pontos ganhos, no meio da tabela de classificação. Agora sob o comando de Ney da Matta, o Boa Esporte subiu para 7, ainda no último lugar da segunda divisão nacional.

Apesar da diferença entre as equipes, o jogo foi difícil para o Guarani, que só abriu o placar aos 13 minutos do segundo tempo. Rafael Longuine recebeu um lançamento rasteiro de Kevin dentro da área e esticou-se para concluir cruzado, para a rede.

O Boa Esporte mexeu no seu ataque em busca da reação. No banco de reservas, o time era orientado interinamente por Carlos César, já que Ney da Matta ainda não foi regularizado pelo clube. Um dos assistentes dele, contudo, acabou flagrado com um telefone celular em punho.

Seja como for, o Boa Esporte chegou à igualdade. Já nos minutos finais, o estreante Manoel, que havia substituído Felipe Alves, fez o desvio em uma cobrança de falta de Bruno Tubarão e colocou a bola no gol.

Os dois times jogarão fora de casa na próxima rodada. O Boa Esporte tentará buscar a sua segunda vitória na Série B em Goiânia, contra o Atlético-GO, na quarta-feira, enquanto o Guarani irá a Barueri para enfrentar o Oeste no dia seguinte.

FICHA TÉCNICA
GUARANI 1 X 1 BOA ESPORTE

Local: Estádio Brinco de Ouro da Princesa, Campinas (SP)
Data: 29 de junho de 2018, sexta-feira
Horário: 21h30 (Brasília)
Árbitro: Antônio Dib de Sousa (PI)
Assistentes: Thyago Leitão (PI) e Rogério Braga (PI)
Público: 2.248 pessoas
Renda: R$ 26.801,00
Cartões amarelos: Philipe Maia, Kevin, Georgemy e Matheus Oliveira (Guarani); Douglas Baggio, Djavan, Caíque e William Schuster (Boa Esporte)
Gols: GUARANI: Rafael Longuine, aos 13 minutos do segundo tempo; BOA ESPORTE: Manoel, aos 41 minutos do segundo tempo

GUARANI: Georgemy; Kevin, Philipe Maia, Edson Silva e Pará; Ricardinho, Rafael Longuine, Bruno Nazário (Guilherme) e Denner (Poveda); Caíque (Matheus Oliveira) e Bruno Mendes
Técnico: Umberto Louzer

BOA ESPORTE: Fabrício; Hélder Maurílio, Caíque, Luan e Elivélton; Djavan, Alyson (Kaio Cristian), William Schuster, Daniel Cruz e Douglas Baggio (Bruno Tubarão); Felipe Alves (Manoel)
Técnico: Carlos César