Futebol/ Brasileiro Série A

Vasco tenta superar fase difícil e desfalques em visita ao Vitória

Gazeta Press - Rio de Janeiro , RJ
12/07/2017 09:38:52 — 12/07/2017 09:45:36

Em: Brasileiro Série A, Futebol, Região Nordeste, Região Sudeste, Vasco, Vitória

Passando por dias complicados, o Vasco volta a campo nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), para visitar o Vitória no Estádio Barradão, em Salvador (BA), em choque válido pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Cruz-Maltino, que vem de derrota por 1 a 0 para o Flamengo, viu a opinião pública ser bastante crítica após vândalos infiltrados em sua torcida quebrarem parte de São Januário após o clássico, gerando a interdição do estádio e a morte de um torcedor. As imagens do confronto com policiais rodou o mundo, complicando a vida do clube.

Com 16 pontos, o Vasco sonha até mesmo em ingressar no G6, a zona de classificação para a Copa Libertadores. Porém, resta saber se os últimos episódios vão interferir no aspecto psicológico dos jogadores. O técnico Milton Mendes, porém, prefere manter foco em um Vitória que chega de um triunfo por 2 a 1, como visitante, sobre o Atlético-GO. O time baiano, porém, precisa de um triunfo para deixar a zona de rebaixamento, onde aparece com 12 pontos.

Milton Mendes tem grandes problemas para compor a escalação vascaína (Foto: Paulo Fernandes/CRVG)

“O Vitória chega para este compromisso empolgado com o fato de ter vencido seu último jogo e, atuando diante de sua torcida, vai buscar de qualquer maneira embalar. Portanto, vamos encontrar muitas dificuldades e devemos manter o nosso pensamento somente no adversário. Respeito demais o nosso rival e por isso quero meus atletas concentrados em encontrar a melhor maneira de ganhar”, disse Milton.

Em termos de escalação, o Vasco tem sérios problemas, pois o lateral direito Gilberto, o zagueiro Paulão e o meia Nenê cumprem suspensão por acúmulo de cartões amarelos. Além disso, o centroavante Luís Fabiano tem problemas no quadril e será desfalque por tempo indeterminado. Assim, Madson entra na lateral, Jomar assume um lugar na zaga, Wágner disputa posição no meio com Escudero e Éder Luís deve assumir o comando do ataque. Os volantes Jean e Douglas retornam de suspensão, assumindo os lugares de Bruno Paulista e Wellington.

Pelo lado do Vitória, o técnico Alexandre Gallo quer que sua equipe tome a iniciativa do confronto. Como inspiração para o importante jogo em casa, o Leão da Barra deve usar a vitória fora de casa contra o Atlético-GO, por 2 a 1, no último sábado.

Gallo cobra postura aguerrida do Rubro-negro (Foto: Maurícia da Matta/ ECV)

“O Vitória jogará em casa e não podemos mais perder pontos na Bahia, pois deixamos de conquistar muitos que estão fazendo falta agora, como na derrota para o Santos (2 a 0) e a derrota para o Botafogo (2 a 2). Portanto, temos que tomar a inicitiva e pressionar desde o começo, impondo o nosso próprio ritmo de jogo. Se isso acontecer vamos dar um passo importante”, destacou Gallo.

Para este compromisso o Vitória tem apenas um problema. O volante Willian Farias, com distensão no ligamento colateral do joelho direito, foi vetado e sua vaga deve ficar com Uillian Correia. Em compensação o lateral-esquerdo Geferson retorna de suspensão e ocupa a vaga de Thallyson.

FICHA TÉCNICA
VITÓRIA-BA X VASCO-RJ

Local: Estádio Barradão, em Salvador (BA)
Data: 12 de julho de 2017 (Quarta-feira)
Horário: 21h45(de Brasília)
Árbitro: Antônio Dib Moraes de Sousa (PI)
Assistentes: Cleriston Clay Barreto Rios (SE) e Fábio Pereira (TO)

VITÓRIA: Fernando Miguel, Patric, Kanu, Ramon e Geferson; Yago, Uillian Correia, Carlos Eduardo e Cleiton Xavier; David e André Lima
Técnico: Alexandre Gallo

VASCO: Martín Silva, Madson, Rafael Marques, Jomar e Henrique; Jean, Douglas, Yago Pikachu, Wágner (Escudero) e Mateus Vital; Éder Luis
Técnico: Milton Mendes