Sport empata com o América e seca Inter para se livrar do rebaixamento

São Paulo, SP

26-11-2016 21:58:58

De cabeça, Ronaldo Alves deixou tudo igual no Estádio Independência (Foto: Williams Aguiar/ Sport)
Rodney Wallace abriu o placar para o Sport contra o América-MG, no Independência (Foto: Williams Aguiar/ Sport)

O Sport deu um importante passo na busca por sua permanência na Série A do Campeonato Brasileiro. Na noite deste sábado, o time pernambucano empatou por 2 a 2 com o lanterna e já rebaixado América-MG, no Estádio Independência, em Belo Horizonte, pela 37ª e penúltima rodada do torneio nacional.

O Leão começou melhor e abriu o placar no início do primeiro tempo, com Rodney Wallace. No entanto, voltou sem o mesmo ímpeto para a etapa decisiva e sofreu a virada em 18 minutos. Mas, favorecido por uma expulsão infantil do meio Makton, a agremiação do Recife buscou o empate com Ronaldo Alves antes do apito final.

Com o resultado, o Sport chegou aos 44 pontos, mantendo-se no 15º lugar. Para se livrar completamente do rebaixamento ainda neste final de semana, a equipe rubro-negra precisa que o Internacional não vença o Cruzeiro neste domingo, em Porto Alegre. Caso o Colorado supere a Raposa, o time pernambucano garante a permanência na Série A se bater o já rebaixado Figueirense na última rodada, no próximo domingo, na Ilha do Retiro.

Já o América-MG segue na 20ª e última colocação, com 28 pontos. O Coelho se despede da primeira divisão nacional diante do Santos, também no domingo, na Vila Belmiro.

O jogo - Logo no primeiro minuto de jogo, o América-MG por pouco não abriu o placar no Horto. Leandro Guerreiro deu ótimo passe para Osman, que cortou o defendor e, cara a cara com o goleiro Magrão, finalizou no travessão.

O gol perdido custaria caro ao Coellho. Dez minutos depois, Renê roubou a bola de Christian e passou para Rodney Wallace, que tocou com categoria na saída de João Ricardo, deixando o Leão na frente no marcador.

A partir de então, a partida ficou morna. O time da casa, apesar da derrota parcial, não conseguiu exercer pressão e empurrar o Sport para seu campo de defesa. A equipe pernambucana, por sua vez, satisfeita com o resultado, não conseguiu encaixar os contra-ataques, mas foi para o intervalo vencendo.

Buscando manter a vantagem, o Sport seguiu com a postura defensiva, mas sem a mesma velocidade e aplicação tática do primeiro tempo. Tanto que, logo aos sete minutos da etapa final, a agremiação mineira empatou: Osman cruzou na medida para Danilo Barcelos subir e cabecear sem chances para Magrão.

Aí o técnico do Sport, Daniel Paulista, promoveu as entradas de Everton Felipe e Vinícius Araújo nos lugares de Apodi e Luis Ruiz, respectivamente. Os pernambucanos, então, se lançaram para frente para buscar o desempate.

Em uma de suas subidas, a agremiação do Recife sofreu um contra-ataque, que originou escanteio para os mandantes. Na cobrança de Danilo, o zagueiro Roger cabeceou para o meio e Michael, da pequena área, testou para a virada americana, aos 18 minutos.

Com o domínio da partida, o América-MG decidiu se complicar. Quatro minutos depois do gol, o meia Makton, que havia acabado de entrar no lugar do zagueiro Messias, revidou um empurrão de Rodney Wallace com um tapa e foi expulso direto com o cartão vermelho.

Com um homem a mais, o Sport cresceu e passou a pressionar o Coelho. Aos 25, Diego Souza dominou dentro da área, fez embaixadinhas para buscar espaço e bateu em cima da marcação. No rebote, Samuel Xavier chutou e a bola passou rente à trave.

Em sua última aparição antes de ser trocado por Gabriel Xavier, o volante Ronaldo quase empatou para o Leão. Aos 29, Rodney escapou pela esquerda e cruzou na área. Diego Souza e Everton Felipe se enrolaram na hora de finalizar e a bola sobrou para Ronaldo, que pegou forte, exigindo ótima defesa de João Ricardo.

De tanto pressionar, os visitantes alcançaram a igualdade. Em cobrança de falta próxima à área, Diego Souza levantou a bola com categoria para o zagueiro Ronaldo Alves, completamente livre de marcação, cabecear e fazer o segundo gol do Sport, aos 34.

Os pernambucanos tentaram a virada nos últimos 15 minutos de jogo na base do abafa. Mas, sem organização na parte ofensiva, não tiveram sucesso e deixaram a capital mineira com um ponto na bagagem.

FICHA TÉCNICA
AMÉRICA-MG 2 X 2 SPORT

Local: Arena Independência, Belo Horizonte (MG)
Data: 26 de novembro de 2016 (Sábado)
Horário: 20h (de Brasília)
Árbitro: João Batista de Arruda (RJ)
Assistentes: Rodrigo Henrique Correia (RJ) e Dibert Pedrosa Moises (RJ)
Cartões Amarelos: Vinícius Araújo e Matheus Ferraz (Sport); Ernandes (América-MG)
Cartões Vermelhos: Makton (América-MG)

GOLS:

SPORT: Rodney Wallace, aos 11 minutos do primeiro tempo; Ronaldo Alves, aos 34 minutos do segundo tempo
AMÉRICA-MG: Danilo Barcelos, aos sete minutos do segundo tempo; Michael, aos 18 minutos do segundo tempo

AMÉRICA-MG: João Ricardo; Christian Sávio, Messias (Maktom), Roger e Ernandes; Leandro Guerreiro, Juninho, Tony e Danilo Barcelos (Gilson); Osman (Hélder) e Michael
Técnico: Enderson Moreira

SPORT: Magrão; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Ronaldo Alves e Renê; Rithely, Ronaldo (Gabriel Xavier), Apodi (Everton Felipe), Diego Souza e Rodney Wallace; Luis Ruiz (Vinícius Araújo)
Técnico: Daniel Paulista

Deixe seu comentário