Futebol/Campeonato Brasileiro

Grêmio joga melhor, mas não consegue marcar e empata com o Furacão

São Paulo , SP
22/04/2018 20:59:49 — 22/04/2018 23:48:44

Em: Atlético-PR, Brasileiro Série A, Futebol, Grêmio, Notícias

Em um dos duelos mais esperados da segunda rodada do Campeonato Brasileiro, Grêmio e Atlético-PR ficaram no empate sem gols. Jogando em casa, na Arena do Grêmio, os comandados de Renato Gaúcho mostraram um ótimo toque de bola e envolveram o adversário no primeiro tempo, porém, esbarraram na ineficiência dos arremates para não conseguirem abrir o placar.

Na segunda etapa, a equipe de Fernando Diniz equilibrou as ações, mas sofreu um baque ao ter Camacho expulso aos 28 minutos. Com um a mais na reta final, o Grêmio pressionou, porém, em uma tarde pouco inspirada nos arremates, não conseguiu marcar.

Com o resultado, o Imortal, que venceu o Cruzeiro na estreia, segue invicto e chega aos quatro pontos, mas perde a oportunidade de conquistar três pontos atuando em seus domínios. Após golear a Chape na rodada inicial, o Furacão também soma quatro pontos e consegue um empate importantíssimo fora de casa contra um dos candidatos ao título da competição. A igualdade entre as equipes foi boa para o Corinthians, que terminará a rodada como líder isolado do Brasileiro.

Na rodada seguinte, o Grêmio viaja para Rio de Janeiro, onde enfrentará o Botafogo, no Estádio Nilton Santos, às 16h deste sábado, dia 28. Já o Atlético-PR visita o Bahia, na Arena Fonte Nova, no mesmo horário, mas um dia depois, no domingo.

Grêmio e Atlético-PR se enfrentaram pela segunda rodada do Brasileiro (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

Primeiro tempo

Como costume das equipes de Fernando Diniz, o Atlético-PR começou ditando o ritmo da partida ao ser dono da posse de bola. O Grêmio, por sua vez, esperava o Furacão em seu campo de defesa, mas pressionava a saída de bola em determinados momentos.

Em um desses períodos de pressão, Lucho González errou passe, a bola caiu para Everton, que tocou para Luan, cara a cara com o goleiro, chutar e carimbar a trave. O rebote sobrou para Ramiro, porém, o volante perdeu ótima oportunidade ao finalizar por cima. A tática gremista dava certo e Everton obrigou Santos fazer boa defesa. O melhor jogador do Campeonato Gaúcho, recebeu na ponta direita, trouxe para o centro e bateu para o arqueiro espalmar.

A partir da segunda metade da etapa inicial, a equipe de Renato Gaúcho começou a envolver o adversário, oferecendo perigo à meta Rubro-Negra em diversas oportunidades. A primeira nasceu de uma tabela entre Maicon e Léo Moura, mas o volante parou em Santos. Mais tarde, Ramiro lançou André, o atacante passou para Luan, que limpou a marcação, mas finalizou sobre a meta.

Nos instantes finais do primeiro tempo, o camisa 7 gremista perdeu outra boa oportunidade. Após saída de bola errada do Furacão, Artur deu passe na medida para o atacante finalizar de bico rente à trave. A equipe de Fernando Diniz não foi párea para o ótimo toque de bola gremista e ficou no lucro ao ir para o intervalo com um empate no placar.

Segundo tempo

Mesmo com o bom primeiro tempo, Renato Gaúcho decidiu mexer na equipe. O meio-campista Alisson entrou no lugar do lateral-direito Léo Moura. Com isso, Ramiro faria a função do veterano ex-Flamengo. A substituição tornou o Grêmio ainda mais ofensivo. Logo aos cinco minutos, Geromel cruzou na cabeça de Everton, que, sozinho, cabeceou para fora.

A primeira chegada de perigo do Furacão aconteceu apenas aos dez minutos da etapa final. Depois de trama ofensiva, Nikão encontrou Guilherme na entrada da área, o atacante dominou e bateu colocado, assustando Marcelo Grohe. A resposta do Imortal veio na sequência, quando Luan recebeu na extremidade direita da área e finalizou cruzado, mas para fora.

Aos 28, quatro minutos depois de receber o primeiro amarelo, Camacho fez falta dura em Luan, recebeu a segunda advertência e foi expulso. Com um a mais, Renato lançou sua equipe ao ataque, tirando Arthur e colocando Jael. Aos 32, Everton fez lançamento preciso para André, que, na pequena área, parou no goleiro Santos.

O Grêmio seguiu pressionando na reta final, enquanto o Atlético-PR não abdicava de jogar e tentava criar perigo nos contra-ataques. No entanto, as duas equipes não tiveram êxito em suas táticas e a partida acabou sem gols.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 0X0 ATLÉTICO-PR

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Data: 22 de abril de 2018 (domingo)
Horário: 19 horas (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus (Fifa-SP)
Assistentes: Alessandro Alvaro Rocha de Matos (Fifa-BA) e Danilo Ricardo Simon Manis (Fifa-SP)
Público e renda: Pagantes: 22.049. Público total: 23.894. Renda: R$ 688.660,00
Cartões Amarelos: Pablo, Camacho e Bruno Guimarães (Atlético-PR). Geromel e André (Grêmio)
Cartões Vermelhos: Camacho (Atlético-PR)

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Léo Moura (Alisson), Geromel, Bressan e Bruno Cortez; Arthur (Jael), Ramiro e Maicon; Luan, Everton e André
Técnico: Renato Gaúcho

ATLÉTICO-PR: Santos; Pavez, Thiago Heleno e Paulo André; Jonathan, Lucho González (Bruno Guimarães), Rosseto e Carleto; Guilherme (Zé Ivaldo), Pablo (Éderson) e Nikão
Técnico: Fernando Diniz