América-MG tenta reagir contra o rebaixado Paraná em BH

Luiz Felipe Fagundes e Marcellus Madureira
09/11/2018 20:00:11 — 09/11/2018 21:53:35

Em: América-MG, Bastidores, Brasileiro Série A, Campeonatos, Paraná
Adilson atualmente comanda o América-MG (Foto: Mourão Panda/América)

Para o Paraná, o confronto contra o América, neste sábado, no Independência, é mais pela honra. Já para o Coelho, o duelo vale a luta pela permanência na série A do futebol nacional.

O América está na 18ª colocação do Campeonato Brasileiro, com 34 pontos anotados. É preciso vencer e contar com os tropeços de Vitória e Sport, o clube baiano tem a mesma pontuação, mas melhor posicionado pelos critérios de desempate, enquanto o Leão tem 36 tentos. O Paraná já caiu, tem 18 tentos, na última colocação.

Para o jogo contra o Paraná, o técnico Adilson Batista perdeu o meia Ruy. Ele sentiu um incomodo na coxa esquerda e será observado, mas a tendência é que não tenha mesmo condições de atuar. Além dele, o atacante Marquinhos e o volante David estão fora em tratamento médico. O jovem Matheusinho deve ocupar uma vaga entre os titulares.

Rebaixado com grande antecedência, com uma campanha pífia, que não empolgou o torcedor paranista em nenhum momento da competição, o Tricolor da Vila joga apenas por sua dignidade. O grupo deve ser totalmente modificado para a próxima temporada, mas quem tiver a responsabilidade de vestir a camisa do clube nas últimas rodadas precisa deixar uma impressão melhor em busca de seguir bem na própria carreira.

O técnico Dado Cavalcanti destacou que o confronto tem sim sua importância e esse é o discurso para motivar os atletas. “Vale muito para o Paraná e para os jogadores de forma individual. Um jogo pode mudar a vida de um jogador. Já vi muitos perderem um contrato por conta de um jogo, como vi muita gente mudar de patamar. Vamos jogar com onze e enfrentar o adversário com o que temos de melhor. Minha expectativa é vencer, sabe-se lá quando, mas interromper de vez esse espaço sem ganhar”, avaliou.

Para a partida, o treinador não contará com o lateral-esquerdo Igor, que recebeu o terceiro cartão amarelo, o zagueiro René Santos, com dores na panturrilha, além de Rayan, que sofreu uma lesão no adutor da coxa e se junta ao lateral Júnior, vetados pelo departamento médico. Mansur, Charles e Wesey Dias devem ser as novidades entre os titulares.

FICHA TÉCNICA
AMÉRICA X PARANÁ

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte-MG.
Data: 10/11/2018, sábado
Horário: 17 horas (de Brasília).
Árbitro: Wagner Reway (MT)
Assistentes: Cleriston Clay Barreto Rios (SE) e Eduardo Gonçalves da Cruz (MS)

AMÉRICA – João Ricardo; Norberto, Messias, Matheus Ferraz e Carlinhos; Juninho, Zé Ricardo e Zé Ricardo, Aderlan, Matheusinho, Giovanni e Rafael Moura.

Técnico: Adilson Batista

PARANÁ: Richard; Wesley Dias, Charles, Jesiel e Mansur; Leandro Vilela, Jhonny Lucas e Alex Santana; Andrey, Juninho e Rafael Grampola.

Técnico: Dado Cavalcanti