Futebol/Campeonato Baiano

Vitória e Bahia tentam se reerguer e segurar zebras no Baiano-2015

Gustavo Boldrini, especial para a GE.net - Salvador , BA -
30/01/2015 00:21:09

Em: Bahia, Campeonato Baiano, Campeonatos, Campeonatos Estaduais, Futebol, Região Nordeste, Vitória

A edição de número 111 do Campeonato Baiano começa neste sábado, e será a chance de ouro para os gigantes do estado, Bahia e Vitória, se reerguerem após o rebaixamento no ano passado. Por outro lado, clubes de menor expressão buscam surpreender e crescer no cenário nacional. Destaque para o Jacobina Esporte Clube, de volta à primeira divisão da Bahia após 20 anos com uma gestão empresarial e um técnico campeão brasileiro.

Regulamento

O Baianão deste ano contará com algumas novidades em relação às últimas temporadas. Doze clubes são divididos em dois grupos, que têm como cabeças de chave Bahia e Vitória. Os times do grupo 1 enfrentam os integrantes do grupo 2 e, ao final de um turno completo, os oito melhores, independente do grupo, garantem vaga nas quartas de final. A partir daí, as fases finais serão disputadas com jogos de ida e volta.

Grandes da capital buscam recuperação no Estadual (Foto: Felipe Oliveira)
Grandes da capital buscam recuperação no Estadual (Foto: Felipe Oliveira) – Credito: Divulgação/E. C. Bahia

Os clubes que disputam a Copa do Nordeste disputarão o Estadual desde a primeira fase, outra mudança. O terceiro melhor colocado no campeonato terá o direito de escolher entre disputar a Copa do Nordeste ou a Série D. O quarto colocado herdará a competição que o terceiro não escolher.

Outra mudança curiosa está no rebaixamento. Os quatro piores times se enfrentarão em um quadrangular. O 9º enfrenta o 12º, o 10º enfrenta o 11º. Após dois duelos de ida e volta, os dois clubes derrotados cairão para a Segunda Divisão.

Grupos, clubes e cidades do Campeonato Baiano 2015:

Grupo A
Bahia (Salvador)
Bahia de Feira (Feira de Santana)
Colo Colo (Ilhéus)
Galícia (Salvador)
Juazeirense (Juazeiro)
Serrano (Vitória da Conquista)

Grupo B
Vitória (Salvador)
Catuense (Alagoinhas)
Feirense (Feira de Santana)
Jacobina (Jacobina)
Jacuipense (Jacuípe)
Vitória da Conquista (Vitória da Conquista)

Bahia

Atual campeão, o Tricolor baiano chega ao Campeonato Baiano tentando juntar os cacos após o rebaixamento no ano passado. Comandado por Sérgio Soares, o time busca seu 46º título estadual com algumas caras novas, como o zagueiro Chicão, ex-Flamengo e Corinthians, e o atacante Léo Gamalho, ex-Santa Cruz..

“Entraremos no Campeonato Baiano para buscar o título, com um time que está sendo remontado. Com espírito, força e determinação, estamos nos preparando e nos fortalecendo para as competições que virão: Baiano, Copa do Nordeste, Copa do Brasil e a Série B. Buscaremos amadurecer a cada competição. O rebaixamento aconteceu e já está no passado”, comentou o treinador à Gazeta Esportiva.Net.

Sérgio Soares acredita na recuperação do Tricolor após o rebaixamento em 2014:
Sérgio Soares acredita na recuperação do Tricolor após o rebaixamento em 2014: “Está no passado” (Foto: Felipe Oliveira) – Credito: Divulgação/E.C. Bahia

A negociação sem sucesso com Jael, mesmo após o clube anunciar o acerto em seu site oficial, frustrou a torcida tricolor. Sem o Cruel, o centroavante Kieza terá a responsabilidade de ser o homem-gol da equipe. E Sérgio Soares demonstra plena confiança em seu futebol:

“O Jael viria para fortalecer nosso elenco ainda mais. Desde quando cheguei, pedi à diretoria para que mantivesse o Kieza no elenco, pois é um jogador eficiente, de minha confiança e importante para minha equipe. Jael seria um fortalecimento para o nosso plantel, e estimularia a competitividade interna, que é muito saudável.”, disse o comandante tricolor, que ressaltou a importância de um elenco de qualidade para o ano. “Precisamos de peças para reposição, pois temos muitas competições durante o ano. Por isso, é necessário garantir a qualidade dos substitutos”.

O treinador também garantiu que o elenco tricolor ainda não está definido para a temporada, e que as mudanças vão acontecer no decorrer do ano.

O time-base do Bahia para o Campeonato Baiano é: Omar; Tony (Railan), Chicão, Titi e Raul; Feijão, Bruno Paulista e Tiago Real; Maxi Biancucci, Kieza (Léo Gamalho) e Willians.

O Tricolor estreia no Campeonato neste domingo, diante do Vitória da Conquista fora de casa.

Vitória

O Rubro-Negro baiano também tenta a reconstrução após o rebaixamento decretado na última rodada do Brasileirão do ano passado. O time busca seu 28º título baiano com um técnico novo: Ricardo Drubscky. Em entrevista à Gazeta Esportiva.Net, o treinador garantiu força máxima para o Estadual e a Copa do Nordeste, torneios que abrem o ano do Leão.

“Nossas primeiras preocupações são o Campeonato Baiano e a Copa do Nordeste. O Brasileiro começa só em abril, então não antecipamos preocupações em quatro meses. Estamos muito focados naquilo que faremos. No Baiano, mesmo sendo dois os maiores candidatos ao titulo, sempre surgem algumas surpresas. O Vitória irá tentar fazer a sua força e tradição prevalecer, e buscaremos o título, que é muito importante para nós”, disse.

Sem grandes contratações para a temporada, o Leão apostará em jogadores das categorias de base. Aproximadamente 60% do elenco rubro-negro é formado por pratas-da-casa. O técnico Drubscky se anima com a nova safra de jogadores:

“A impressão que eu tenho (dos novos atletas) é muito boa. Alguns já estão passando pela fase de afirmação no elenco, outros ainda precisam ter sequência, e estamos trabalhando”, disse o técnico, que garantiu:

“O torcedor do Vitória pode esperar coisas boas, pois temos bons nomes na mão. O elenco me agrada bastante e não é por ser jovem que colocarei restrições”.

Com um elenco cheio de jovens, Drubscky garante:
Com um elenco cheio de jovens, Drubscky garante: “Temos bons nomes” – Credito: Divulgação/E.C. Vitória

Mesmo com a situação difícil do clube após o rebaixamento, Drubscky garantiu estar preparado para os desafios do ano.

“Precisamos digerir isso (o rebaixamento) e andar para a frente: estamos fazendo isso. Estamos trabalhando com intensidade e dedicação. No futebol, você tem sempre oportunidades de reconstruir a história. O torcedor pode ter certeza que teremos um Vitória forte para 2015. Um Vitória que irá corrigir erros do passado e retomar seu lugar de destaque no cenário nacional”, garantiu o treinador, confiante.

O provável time-base do Leão para a disputa do Estadual é: Gustavo; Nino Paraíba, Kadu, Saimon (Ednei) e Mansur; Neto Coruja, José Wellison, Escudero e Jorge Wagner; Vander (Rogério) e Neto Baiano.

A estreia do Vitória no Campeonato Baiano acontece no domingo, contra o Bahia de Feira no Barradão.

Zebras

Goleiro Viáfara irá defender o Vitória da Conquista no Estadual
Goleiro Viáfara irá defender o Vitória da Conquista no Estadual – Credito: Divulgação

Alguns clubes batalham para dificultar a vida dos grandes da capital nessa edição do Campeonato Baiano. O Galícia, clube de Salvador e primeiro tricampeão do estado, não vence o Estadual desde 1968 e busca, ao menos, disputar uma vaga na Série D ou na Copa do Nordeste.

Outro candidato a zebra é o Bahia de Feira, campeão em 2011 desbancando o Vitória em pleno Barradão. O time será comandado pelo ex-jogador Nadélio Rocha.

O Vitória da Conquista também tenta roubar a cena nessa edição do Baianão. O Alviverde contará com a experiência do goleiro colombiano Viáfara, ídolo do Vitória, para surpreender.

Jacobina Esporte Clube

Contando com uma parceria empresarial, Jacobina busca ser a terceira força do estado
Contando com uma parceria empresarial, Jacobina busca ser a terceira força do estado – Credito: Divulgação

De volta à elite do futebol baiano após 22 anos, o Jegue da Chapada, que estava sem disputar uma partida oficial até o ano passado, volta à Primeira Divisão sonhando alto. Comandado por Andrade, técnico campeão brasileiro pelo Flamengo em 2009, o Jacobina visa uma vaga na Série D do Campeonato Brasileiro.

“Com uma estrutura de ponta e planejamento, esperamos terminar entre os quatro primeiros no Estadual para chegar à Série D do Campeonato Brasileiro”, comentou o presidente da OnSoccer Brasil, empresa que administra o clube, Marcos Manassés.

O Jegue da Chapada promete complicar a vida dos grandes, e Manassés avisa: “Nosso objetivo é se tornar o terceiro maior clube da Bahia”.

Confira os jogos da primeira rodada do Campeonato Baiano de 2015:
Sábado (31/01)

Jacuipense x Juazeirense
Catuense x Colo Colo

Domingo (01/02)
Vitória x Bahia de Feira
Vitória da Conquista x Bahia
Feirense x Serrano
Jacobina x Galícia